Formação em Psicanálise Clínica

Formação em Psicanálise Clínica

This content is protected, please login and enroll course to view this content!

97 comentários sobre “Material Complementar

  1. Os estudos de wunicott, que a criança tem necessidade em ter por perto alguém que desempenhe a função de cuidador em uma função de referencial.

    Responder
    1. Isso mostra que toda criança precisa de uma referencia seja ela materna ,paterna ou de um tutor para que possa se espelhar

      Responder
    2. Seguindo o pensamento de Freud, Winnicott e outros, as identificações primárias são as que mais se introjetam, ou seja que são as que mais perduram no tempo e com maior força

      Responder
    3. A questão da linguagem como estrutura na psicanálise se representa pela ideia de Freud, na psicanálise, a cura pela palavra, potanto, para uma análise conseguir se desenvolver se faz mister compreender os meandros da linguagem.

      Responder
  2. O ensino de Jacques Lacan retirou a invenção freudiana do limbo, resgatando uma das descobertas mais importantes do século XX: o inconsciente.

    Responder
  3. A identidade e identificação em psicanálise são reações do inconsciente como linguagem, Freud e Lacan aprofundam a concepção. A identificação paterno infantil e a construção dos modelos (como nossos pais), elemento discreto e isolado/combinado. Articulamos essa distinção procurando evidenciar principalmente Saussare.

    Responder
  4. Na teoria de Winnicott, quando a criança na sua infância não tem o cuidados paterno ( mãe), isso pode levar consequência ” traumas ” na sua vida adulta.

    Responder
  5. Nessa questão identificatória, a primeira identificação da criança, é com a mãe, pelo contato pele a pele (centrífuga). Depois, a mãe apresenta-lhe a – segunda figura -, que é o pai, onde, temos um molde para a criança (centrípede).
    A terceira pessoa, por sua vez, é a pessoa que os pais colocam na relação, através de exemplos dados, que podem sugestionar a criança (reflexivo).

    Responder
    1. Verdade a mãe é digamos o alicerce da criança ,por ter um contato mais próximo o cheiro pele com pele .E o pai vem em segunda apresentação para essa criança. Concordo com a Débora lima .

      Responder
  6. CONSERTANDO COMENTÁRIO JÁ PUBLICADO POR MIM

    A criança se identifica primeiro com a mãe, através do contato pele e pele. (atributiva = o movimento é centrífugo)
    Depois, apresenta-lhe a segunda pessoa à criança, na figura do pai, onde temos um molde. (Reflexiva = o movimento é centrípeto)
    E por fim, temos uma terceira pessoa na relação, que é a figura de alguém sendo usada de forma comparativa e que a está lhe é atribuída semelhanças, cujas podem influência e sugestionar a criança. (passiva = sujeito central que não está na relação)

    Responder
  7. Identidade e identificação são teorias importante para o preparo da construção da vida, sinalizando mais uma vez a importância do ELO do nascimento.

    Responder
    1. A criança tem o primeiro contato de identidade com a mãe.pela fala ,o olho no olho as mãos que o pega e acaricia ,o seio e o aconchego d ao corpo da mãe.Ali ele se sente acolhido e seguro

      Responder
  8. É bem verdade que o campo da identidade e identificação é algo amplo e complexo e aceitar que é a ordem significante que causa o sujeito, e consequentemente a sua identidade.

    Responder
  9. Só rê identidade e identificação: identificação é um conjunto de características próprias de um sujeito, o que compõe sua identidade que nada mais é do que a consciência que uma pessoa tem de si mesma. Essa identificação caracteriza uma pessoa dentro de uma cultura, grupo social e familiar. Essa imagem que o indivíduo tem de si mesmo se constrói ao longo da vida , formando habilidades , crenças, assimilando inclusive atributos de outras pessoas, fazendo assim diversas identificações.
    No texto sobre o estudo do seminário XIX de Lacan, compreende-se o inconsciente como linguagem e estruturado como tal. A partir de Saussure, ( estudos de linguística), Lacan define a estrutura do inconsciente manifestado e da linguagem em signo, significante e significado.
    Na verdade, a linguagem está no inconsciente e palavras definem signos, cujo significante, seu sentido, toma forma como imagem.
    No texto ” Como nossos pais”, observamos a construção da identidade a partir dos modelos dos pais, onde primeiro ocorre a identificação projetiva, pá depois se dar a identificação introjetiva. A identificação daquele que vê em um a identificação de um terceiro, o que diz ” parecer-se” com o comportamento deste ou daquele sujeito.

    Responder
  10. Além da relação sujeito e significante é preciso um terceiro elemento para se constituir um lação identitário. Este elemento é o afeto, elemento fundamental intimamente ligado às marcas do desejo. Pois a ligação afetiva é o elemento que expressa qualitativamente à constituição da identificação, pois dá a diretriz inclusive daquilo a que o sujeito se diz não identificado. Em suas primeiras inserções ao tema da identificação, Freud também relaciona a identificação ao mecanismo da afetividade.

    Responder
  11. Jacques Lacan aprofundou as análises realizadas por Freud sobre o entendimento do sujeito.Ele observou outras variáveis ou variantes onde onde conseguiu criar novos mecanismos de elaboração onirica(ligação importante por ato comunicacional de um individuo em um meio social) por esta montagem do “eu” sujeito em seu inconsciente em termos de concedida inicialmente por Freud onde Jaques diz que é o meio que pode prover a continuidade entre eles (individuo e sociedade onde há a comunicação),tendo assim a teoria paterno-infantil de Winnicott que vinculava o contato com a mãe para estilizar (e construir) as primeiras identificações (do sujeito).

    Responder
  12. Por meio do mecanismo identíficatório a identidade do sujeito é processada. O primeiro contato do bebê é com a mãe onde existe uma identificação afetiva que é tomada como modelo.

    Responder
  13. A identificação tem que ser significativa para a pessoa senão não haverá uma elação saudável que possa compreender o seu eu afetivo.
    O inconsciente como linguagem domina nossas emoções e pensamentos então acabamos por nos comportar conforme as ordens” do inconsciente. A identificação com nossos pais também é segundo a percepção deles de mundo e só quando o conhecimento nos chega que paramos de reproduzir tais ensinamentos .

    Responder
  14. A identificação é um fator determinante para uma relação saudável com as pessoas com as quais nos relacionamos e com as causas que defendemos, gostamos e admiramos aquilo que é um reflexo de nós e aquilo que queremos ser.

    Responder
  15. Freud concebe a teoria do inconsciente, Complexo de Édipo e observa a identificação do bebê com os pais e a introjeção canibal. Também realiza estudo sobre a Identificação nas massas. Lacan, em sua metapsicologia dá prosseguimento aos estudos de Freud e no seminário IX, utiliza o traço unário e mostra a relação estrutural entre sujeito, significante e afeto, onde a identificação significante se sustenta no gozo. Lacan em seu estudo topográfico, utiliza a cadeia significante que por sua característica interarticulada, oferece muitas possibilidades de identificações. Enfim, somos o conjunto de traços de outras pessoas. Na psicanálise, o sujeito é desconstruído para se reconstruir. Winnicot, em sua Teoria Paterno-Infantil, propõe a Identificação Projetiva e depois a Introjetiva. Eiguer concebe três tipos de Identificações Projetivas de Comunicação: Atributiva, Reflexiva e Passiva.
    Ainda terei que retornar a esse material, porque o assunto é relevante e preciso ter maior compreensão de tudo.

    Responder
  16. Devido a necessidade que o individuo tem em participar de um determinado grupo a identificação e de grande importância para as relações interpessoais.

    Responder
  17. Os dois textos colocados à disposição permitem um melhor entendimento da proposição que foi apresentada no início da Unidade permitindo um melhor entendimento do eu e do processo de crescimento do indivíduo e das suas relações sociais.

    Responder
  18. Realizei uma busca sobre o assunto: Paterno-Infantil em relação a Lacan. E constatei que existem 3 formas de interpretação da figura Paterna:

    *Pai Real, Pai Simbólico e Pai Imaginário.

    O Pai real é o Pai biológico, seja presente ou não na vida da criança;
    O Pai Simbólico é o Pai funcional, ou seja, a função que a figura Pai exerce em relação a estrutura familiar/arranjo.
    Ex:
    A presença paterna faz com que a Mãe tenha desejo sexual para com seu Companheiro, assim como traz a necessidade da Mãe se enxergar como uma “Mulher”, cuja não tem somente a função de cuidar do seu filho como única responsabilidade ou propósito.
    A figura Paterna Simbólica não necessariamente precisa ser um “homem” ou figura física, contemporaneamente falando. Pode ser um objeto que tire a atenção e traga a Mulher para outros objetivos e propósitos, que não seja apenas o foco no Bebê/criança.
    Pai Imaginário- É a imagem ou visão pessoal da criança para com a figura Paterna.
    Pode ser uma visão positiva ou negativa.

    Att
    Caroline Val

    Responder
  19. O que chamamos de identificação basicamente nada mais é um conjunto de traços , características que nós trazemos dos outros. A identificação é o tipo de laço emocional mais primitivo que nós temos com o outro.

    Responder
  20. Para Winnicott ele afirma que durante a primeiro ano de vida , a mãe e a criança eles consistem em uma unidade ,você não pode falar sobre o bebê como meia entidade separado de sua mãe ,nos ambos compreendem uma unidade psíquica individual ,Winnicott diz que a mãe é o é o primeiro ambiente que um ser humano tem.

    Responder
    1. concordo com a Vanessa vieira Oliveira, pois segundo Winnicott o ego corporal do bebê é constituído pele a pele no primeiro vinculo com a mãe que vão ocorrer as primeiras identificações (WINNICOTT, 1983, 49)

      Responder
  21. A referência de pais presentes faz total diferença na vida do filho. Winnicott (1983), diz que através da Teoria do Relacionamento Paterno-Infantil, mostra que no início o Ego do bebê é um Ego corporal, no qual a pele é o que dá a delimitação do interno e do externo, então, é por osmose pele a pele desse primeiro vínculo da criança com a mãe que vão ocorrer as primeiras identificações, pois a criança se identifica à dedicação de sua mãe, assim, quanto mais próximo a mãe chegar de uma compreensão das necessidades do bebê, melhor. É como se ele esperasse que existisse uma compreensão mágica de suas necessidades (WINNICOTT, 1983, p. 49). Assim, entendemos que essa separação vai ser refletida por meio de uma identificação projetiva.

    Responder
  22. Na psicanálise a identidade é vista como algo complexo e dinâmico, que desenvolve ao longo do tempo e é influenciado por uma variedade de fatores, incluindo experiencias passadas, relações interpessoais, dinâmica familiar, ambiente sociocultural, entre outros.

    Responder
  23. O inconsciente sendo abordado por jakes Lacan ” o inconsciente é estruturado como uma linguagem” , e ” o inconsciente é estruturado”
    Visto que essa estruturação se dá a formação psíquica desde os primeiros anos de vida até a formação adulta do sujeito, começando pela mãe, e em seguinte o pai e ou pessoas que tem convivência.

    Responder
  24. A consciência não é uma propriedade intrínseca de certos sentimentos e pensamentos. Estes não são necessariamente o que parecem ser para o próprio sujeito. O processo pelo qual certas representações pré-conscientes, mais duráveis, se tornam transitoriamente conscientes pode abrir o caminho para a suspensão do recalque.

    Responder
  25. Temos uma ideia mas objetiva sobre os estudos da psicanalise e como a mesma tem influencia em nas pessoas para encontrarse elas mesmas. O conteúdo do material é muito claro.

    Responder
  26. Como sujeitos inconclusos estamos fadados a inúmeras possibilidades de identificação. Na família e nas instituições culturais encontramos ideais identitarios, que moldam nossos desejos, nossa participação em grupos sociais e crenças. Nosso nome nos identifica e sempre teremos o Outro como referencial. A identidade se dá por laços identitários e tem dinamismo complexo e variado. Para Lacan, o fenômeno identititário se organiza na relação estrutural entre sujeito, significante e afeto. A identificação é a mais antiga manifestação de uma ligação afetiva.

    Responder
  27. O inconsciente como linguagem: O inconsciente era para Freud linguagem. O sonho, as piadas, esquecimentos, sintomas neuróticos envolvem significantes. Os afetos segundo ele não são reprimidos , mas somente deslocados. Já para Lacan, o inconsciente é a sede dos instintos. Desejos, imagens e outros elementos do inconsciente aparecem em linguagem verbal. Lacan diz que o inconsciente é estruturado, tramado, encadeado e tecido de linguagem. É estruturado como linguagem. Freud comparava a organização do inconsciente com o alfabeto, com hieróglifos, e o psicanalista, precisa desmanchar e interpretar, tecer analogias e para tanto precisa conhecer a cultura do paciente. O próprio Freud tinha dificuldades em lidar com outras culturas. Lacan dizia que o psicanalista devia exercitar-se para o seu trabalho com palavras cruzadas, criptogramas. Conteúdos reprimidos retornam à consciência disfarçados. São selecionados pelos sonhos, lapsos, piadas, … O sonho tem 2 mecanismos: deslocamento e condensação. O 1o serve para contornar a censura, deformando, camuflando os pensamentos para tornar possível sua expressão.

    Responder
  28. Como nossos pais: A identificação começa com a mãe e depois com o pai. Pela pele o vínculo vai se estabelecendo, o ego vai incluindo aspectos de outros e sofre modificações. Para os filhos os pais são modelos. Nas relações familiares todos aprendem. A identificação segundo Eiguer se apresenta em 3 formas: Atribuitiva, Reflexiva e Passiva. A identificação com pai e mãe marca o futuro do sujeito.

    Responder
  29. Quanto mais contato os pais têm com a criança, principalmente a mãe maior será o elo entre ambos pois precisamos de amor para termos um cognitivo tanto consciente quanto inconsciente para podermos enfrentar os desafios da vida.

    Responder
  30. Como nossos Pais: Nascemos e nos desenvolvemos através, principalmente da vivencia que levamos dos nossos pais. São eles os principais responsáveis da nossa criação psíquica, por isso é tão importante esse primeiro momento ser de troca, de aconchego, de cuidado extremo. Nossos filhos nos tomam como espelho.

    Responder
  31. Na teoria de Winnicott, o pai faz parte do ambiente em que o bebê amadurece, um bebê que ainda depende de maneira relativa, da sustentação da mãe para dar continuidade ao alcance do estatuto de um ser unitário.

    Responder
  32. É natural a criança se identificar com a mãe logo que nasce, pois até então, ela entende que ambos fazem parte de um só corpo e, portanto, a criança acredita que deve ser inseparável, que ambos são o mesmo objeto. Nesse sentido, a percepção de que são partes separadas, acontece ao longo do primeiro ano de nascimento e é quando a criança também se percebe pertencente ao pai e passa a reconhece-lo com mais tranquilidade.

    Responder
  33. A identidade é o resultado de um longo processo de identificações em que o sujeito assimila, total ou parcialmente, à maneira de uma incorporação oral, propriedades e atributos de um outro.

    Responder
  34. Lacan foi muito sensível a perceber a questão do significante. Aprendemos que o sujeito toma para si traços significantes do outro e o sustenta como parte de sí, como propriedade significante, e que vai se confirmar na sua alça de fala. Através das relações com outro é que forma em nós valores vindo dos nosso pares para compor nossa verdadeira identidade, que vai fazer parte de nós o resta da vida, de várias formas. Acredito que levamos sempre parte do outro que convivemos em toda nossa existência. Clero depois de adultos temos a capacidade de filtrar o que queremos que faça parte do outro em nós. Utilizamos uma espécie de filtro, que provavelmente seja realizada pelo Ego.

    Responder
  35. Textos de profunda análise e conhecimento, com referências bibliográficas relevantes para nosso desenvolvimento. no Texto “Como nossos pais” salienta a importância de acompanhamento dos filhos, de acordo com a sociedade contemporânea, onde boa parte das mulheres citadas tinham seus próprios problemas, e a repetição de seus filhos, era algo muito próximo, como no trecho do Belchior, “Como nossos pais”…”ainda somos os mesmos e vivemos”…

    Responder
  36. A identificação, para Lacan, não se refere apenas à incorporação de traços específicos, mas também implica uma relação complexa de desejo, projeção e idealização. Lacan diferencia a identificação do eu. Enquanto o eu é uma instância psíquica que busca unificar e manter uma imagem coerente de si mesmo, a identificação está ligada a um movimento mais amplo de relação com o outro e de constituição do sujeito. A identificação não é uma mera reprodução ou espelho do eu, mas uma construção simbólica e imaginária que envolve a busca por um lugar no mundo e uma conexão com os outros. No estudo do Seminário IX de Lacan, é possível explorar essas complexidades da identidade e da identificação, bem como suas implicações para a compreensão do sujeito na psicanálise.

    Responder
  37. Freud concebiu o inconsciente em termos de linguagem e Lacan aprofundou a concepção. Winnicott que vincula o contato com a mãe para construir e identificar as primeiras relações e identificações do sujeito.

    Responder
  38. Segundo a teoria winnicottiana dos distúrbios psíquicos, a natureza do distúrbio está relacionada com a etapa, na linha do amadurecimento, em que a dificuldade surgiu, ou seja, com o estado de imaturidade ou maturidade relativa em que o indivíduo se encontrava e com a natureza da tarefa com a qual o bebê, ou a criança, …

    Responder
  39. A importância da identificação na estruturação da personalidade do sujeito, porque dessa identificação depende o que a criança fará com o que herdou de seus ascendentes. A identificação marca o futuro das pessoas.

    Responder
  40. um dos primeiros papéis do pai ser o provedor de um ambiente suficientemente bom, que transmita segurança e apoio à mãe, para que ela possa se dedicar ao seu bebê e desempenhar bem sua função de cuidado. Assim, no início da vida do filho, o pai tem sua função assegurando esse ambiente considerado tão importante no desenvolvimento da criança, sendo que o ambiente suficientemente bom existiria a partir de cuidados efetivos e se expressaria por atitudes concretas nas relações familiares.

    Responder
  41. Winnicott se interessou em especial pelas relações entre a criança e o ambiente, em especial com a mãe e ainda como estas influenciam o desenvolvimento psico emocional dos filhos. Conceituou objetos transacionais e tendências à integração.
    Objeto transacional: conceito criado por Winnicott que descreve a representação que uma criança usa para substituir a presença da mãe ou de quem cuida dela por um objeto, por exemplo: brinquedo, chupeta, fralda). O objeto em questão não seria real nem fantasia, apenas representa um elo entre o mundo interno e externo da criança.

    Responder
  42. No primeiro texto ficou claro as considerações de Lacan que há diferentes ângulos de leitura do sujeito e suas significações.
    No segundo texto está explícito a questão de identificação com o posicionamento dos pais, como se fosse mesmo um espelho.
    Acho que os dois textos conversam entre si.

    Responder
  43. A primeira identificação da criança é com a mãe.
    Sendo assim se essa se ausentar por algum motivo vai criar um espaço vazio dentro do ser.

    Responder
  44. As relações familiares são grandes introjetores na formação da identidade da criança e os pais em especial a figura materna tem um papel preliminar na construção na formação do ego da delas.

    Responder
  45. O consciente pede uma apreciação a presença de um cuidador para a criança, O eu natural pratica uma voz de comando se ativa Winnicott apresenta uma criança que supre a presença da mãe por um objeto e nesse caso os dois textos é uma conotação comparativa da substituição dos pais por objetos ou imagem propriamente dita.

    Responder
  46. Significado x Significante.
    Significado é o conceito, o ente abstrato do signo.
    Significante é o elemento tangível, palpável, perceptível, material do signo.

    Responder
  47. Herdamos comportamentos bons e ruins dos nossos familiares. São modelagens de aprendizagens que se repetem há anos.
    Há sempre uma dimensão inconsciente que nos faz repetir. Por isso é fundamental nos conhecermos e aprender a lidar com esses
    velhos modelos para o nosso bem e o bem dos nossos filhos. Há traço causados também por fatores ambientais.

    Responder
  48. É muito importante a moldagem, a criação, o acompanhamento de um filho , isso diz como ele será na vida adulta

    Responder
  49. Na vida a identificação é algo que nos torna próximo de qualquer sujeito,como se as dores sentidas pudessem ser divididas.

    Responder
  50. Na vida a identificação é algo que nos torna próximo de qualquer sujeito,como se as dores sentidas pudessem ser divididas. Nossos pais são nossos primeiros modelos e, fatalmente àqueles a quem queremos agradar.Mas, nem sempre como sujeitos conseguimos ter esse desejo realizado.

    Responder
  51. O estudo da mente é muito mais complexo do que imaginamos, identificar todos os fatores que desencadeiam alguns comportamentos do individuo é preciso ir muito mais a fundo em todo o processo evolutivo. Avaliar o comportamento desde a infância.

    Responder
  52. Pude perceber a complexidade do conteúdo deste material complementar, abordando a identificação sobre o olhar dos estudiosos, analisando o porquê dos indivíduos se identificarem com determinados grupos e também a identificação em relação ao indivíduo em seu contexto familiar, ressaltando o papel dos pais desde a infância.

    Responder
  53. Os eventos tragicos de nossa vida tendem a derrumbar as nossas identificações. Exemplo: se nos dizem que não somos suficientemente competentes para realizar o nosso trabalho, isso pode nos deprimir e nos deixar com dúvidas acerca de quem somos pois destrói as nossas identificações mais fortes.

    Responder
  54. Na psicanálise, o principal conceito que responde a esse problema é a identificação, já que por meio dela o sujeito configura seu próprio Eu, e o faz à semelhança de um objeto tomado como modelo

    Responder
  55. O ambiente em que a família está inserido, o inconsciente coletivo, irá mudar a maneira com que a criança irá Sentir-se aceito e amado, ter reconhecimento e se sentir parte, a maneira como irá se espelhar e como irá ter seu ego construído.

    Responder
  56. Podemos perceber a grande importância de uma referência para uma criança e a importancia maior ainda da responsabilidade do tutor, daquilo que se ensina para uma criança.

    Responder
  57. As características da nossa personalidade vem da nossa relação de identificação com o outro.

    Segundo Freud, a identificação é o tipo de laço emocional mais primitivo que temos com o outro.

    Por isso, o processo de psicanálise é um processo de desconstrução, pois diversos aspectos que identificamos como nossos, na verdade, meras cópias de outras pessoas.

    Responder
  58. Durante minha atuação profissional como professor de língua portuguesa, nas aula de literatura sempre recorri a Freud para análise comportamental das personagens e ao iniciar este curso não sabia que entraria em contato com tantos outros modos de observação do ser humano. Já li e reli estes textos sugeridos pelo professor e isso tem despertado ainda mais a minha vontade de aprofundar os conhecimentos da psicanálise e pelas referências bibliográficas cheguei no livro “O ambiente e os processos de maturação: estudos sobre a teoria
    do desenvolvimento emocional”, de Winnicott, que estou lendo havidamente.

    Responder
  59. PARA FREUD, O INCONSCIENTE ERA UMA REGIÃO DA MENTE ONDE OS DESEJOS,IMPULSOS E MEMÓRIAS REPRIMIDAS RESIDIAM.LACAN,POR SUA VEZ,CONSTRUIU SOBRE AS IDEIAS DE FREUD E TROUXE UMA PERSPECTIVA LINGUÍSTICA E ESTRUTURAL PARA A COMPREENSÃO DO INCONSCIENTE.

    Responder
  60. Na dinâmica de identificação, inicialmente, a criança se identifica primariamente com a mãe através do contato físico direto (centrífuga). Em seguida, a mãe introduz a figura paterna como um modelo para a criança seguir (centrípete). A terceira pessoa é alguém que os pais apresentam na relação, por meio de exemplos que podem influenciar a criança (reflexivo).

    Responder
  61. A teoria winnicottiana enfoca a mãe como principal agente fornecedor de cuidados ambientais ao recém-nascido, dado que, no processo de amadurecimento do bebê, geralmente é ela quem se apresenta como ambiente imediato ao filho, no marco de uma relação dual (Souza & Santos, 2021). Ela fornece à criança recursos próprios de seu aparato biológico (amamentação), cuidado físico (handling) e suporte afetivo (holding) profundamente personalizado, oriundo, no início, da regressão caracterís- tica do estado de preocupação materna primária (Winnicott, 1988/1990).
    Contudo, Winnicott (1957/2001; 1964/1999; 1964/1988) não deixou de abordar a importância do pai como elemento da dinâmica familiar e, como tal, também agente de cuidados, zelo e responsabilidade face ao bebê e à díade mãe-bebê. Tendo em vista a notória necessidade de destacar a importância dos estudos sobre a dos estudos sobre a pater- nidade nas pesquisas psicanalíticas, os postulados teóricos winnicottianos sobre o papel e a função da figura paterna constituem nosso objeto de estudo.

    Responder
  62. A identidade é um processo, e esse processo é um na relação com o outro,objeto. Nesta relação, até de dependência, a exemplo do que contribuiu Winnicott e Melanie Klein sobre as relações objetais, não somente à ser atentado a questão da pulsão, mas também a capacidade desta relação de promover emoções e logo a identificação, e que contribui para a identidade e desenvolvimento dacpersonalidade, do ego. Resumidamente, em Freud o eu só pode ser constituído na relação com o objeto, com o outro.

    Responder
  63. Como o trecho da musica ja indica…por mais que tentemos ser diferentes, nossos pais e ambiente onde vivemos sempre irão ter uma grande influencia em nosso desenvolvimento psiquico.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

208 comentários sobre “Formação em Psicanálise Clínica

          1. O curso é muito bom! O material de apoio é ótimo. Me surpreendeu bastante. Estão de Parabéns ?!

          2. Estou gostando muito do curso, tenho dois cursos básicos e uma especialização em psicanalise.

          3. Bom dia,estou começando hj no curso de psicanálise, estou um pouco perdida na plataforma.

          4. A proposta do curso está acima das minhas perspectivas. Excelente o material disposto aos alunos.

          5. O curso foi maravilhoso, parabéns um curso gratuito e instrutivo, já paguei meu certificado, já vou atuar na parte de psicanálise clínica holística, vou cadastrar meu certificado , agradeço muito a IEVI.

      1. Estou gostando muito do curso. O material disponibilizado é de excelente qualidade e atualizado de forma visível. Parabéns a IEVI.

      2. Eu amei esse curso rápido e muito produtivo, tenho certeza que vai agregar muito para meu trabalho como psicanalista.

      1. O IEVI emite declaração ou histórico da conclusão da programação com aproveitamento e a carga horária da formação?

          1. Tenho licenciatura em psicologia, se fizer o curso de psicanálise com que graduação eu saio?

          2. Estou comendo, e ainda não conheço o curso, logo não posso emitir opiniões, espero poder obter muitos subsídios e dividir com os pares.

      2. Sempre tive muita vontade de fazer um bom curso de psicanálise, talvez esse seja um bom momento.

    1. Olá
      Gostaria de saber o valor do certificado e da credencial, por gentileza.
      Grata

      Maria Emília Barros

      1. A psicanálise é uma profissão livre, reconhecida pelo Ministério do Trabalho e Emprego (CBO – código 2515.50).

    2. Olá Boa Noite, gostaria de saber o valor do certificado da formação em Psicanálise clínica.

      Grata

    3. Curso muito bom adorei, bora continuar o aprendizado ! Gratidão
      Finalizado

    4. Confesso que havia feito outro curso de psicanálise, contudo, senti ao término, uma sensação de pouquissímo conhecimento, até ao revisitar o material proposto para o estudo. Com o estudo realizado no IEVI, sinto-me desafiado a continuar estudando, contudo, com uma ótima visão, pelo material apresentado, que constitui-se muito rico, pela condução e distribuição de material e enfim, disposto a poder auxiliar aqueles que necessitam. Tenho muito a agradecer a este Curso de formação em Psicanálise e recomendar a que outros possam fazê-lo. Parabéns a todos e especialmente ao(s)mentor(es) que me acompanhou até esta conclusão!

  1. Com essa formação vou poder atender como profissional em Psicanálise clínica?

    1. É aconselhável concluir o curso de Formação em Psicanálise Clínica com no mínimo 70% de aproveitamento e Realizar o Curso de Psicanálise Integrativa.

      1. Isso quer dizer sim? Sim, pode atuar como pessoa habilitada, psicanalista clínica, fazendo esses dois cursos com o aproveitamento mínimo ou maior que 70%?

        1. Bom dia!
          Caso o aluno não possua experiência em atendimento, nós sugerimos o mesmo a realizar os módulos práticos de análise didática e supervisão.

        2. Mas e o tripé psicanalítico de análise pessoal e supervisão psicanalitica? Como vou completar esse tripé exigido para atuar como psicanalista? Vocês poderiam escrever aqui no site como cumprir esses requisitos? Se particular ou se vcs irão oferecer?

          1. Bom dia!
            Os alunos serão avisados por e-mail quando os módulos de analise e supervisão estiverem disponíveis na plataforma.

        1. Gostaria de saber se a parte prática já foi incluída.
          Tenho interesse em fazer, mas me preocupo de ser cobrada por não ter parte prática do tripé.

  2. Bom dia
    Para as pessoas com graduação na área da Educação.
    Com esse certificado poderão montar uma clínica de Psicanálise.

  3. Bom dia,acabei me inscrever no curso de Psicanálise Clinica,já fiz o curso de Bacharel Livre em Teologia com vcs, tenho formação como Psicanalista Forense, Psicopatologia entre outras áreas , só me faltava o curso de Psicanálise Clinica,posso fazer o curso na Área Clínica ,grato.

  4. Boa tarde, estou gostando muito de ser uma aluna no curso de Formação em Psicanálise Clínica.

        1. Boa tarde,ao término do curso de psicanálise clínica posso fazer atendimento sim ou não.

      1. Em relação ao processo de análise e supervisão, para compor o tripé. O curso proporciona essa possibilidade?
        Gratidão pela oportunidade

          1. Gente preciso de mais informações pois não há comentários em lugar nenhum sobre a plataforma.

  5. boa noite. com o diploma de psicanálise clinico posso exercer a profissão no piauí?

    1. Bom dia!
      Pode sim. Para ser um psicanalista, não é necessário ter formação em psicologia ou medicina. O importante é que o psicanalista tenha uma formação sólida e constante, o que implica em muito estudo e aprofundamento da teoria e prática psicanalítica.

      1. É só se inscrever no site , entra no site, escolhe o curso, terá um ícone de inscrição, faça a inscrição colocando seus dados, vai precisar de uma senha, anota p não esquecer ou deixa salvo aí bom curso.

  6. já enviei meus dados e foto para credencial vcs precisam algum documento tbm para diploma psicanalista,fico aguardo da documentação.

  7. Bom dia,recebi toda documentação,muito obrigado,vou aguardar o curso de Psicanálise integrativa,um ótimo sábado para todos vcs.

  8. Boa tarde!!
    Venho através deste agradecer a oportunidade que vcs vem nos dando oportunidade para nós sejamos profissionais no ramo da psicanálise clínica,em breve estarei pedindo o certificado e a credencial.

  9. Preciso de outro curso para fazer psicanálise com vocês, para legalmente atender pessoas?

    1. Bom dia!
      Sim. É necessário realizar o curso de Psicanálise Integrativa (estará disponível na plataforma para os concluintes em breve).

  10. A escola fornece a análise e o estágio; contemplando o tripé psicanalítico e caso; alguém já possua a formação e queira; apenas a certificação palpável.. como se daria este caminho?
    Muito obrigado…
    Deus os abençoe!

    1. Todos os cursos dispostos por ser on line já estão disponíveis lembrando que para fazer psicanálise interativa precisar ter concluído a psicanálise clínica e o processo de matrícula é o mesmo, espero ter ajudado.

      1. Gostaria de saber por que eu tou matriculada no curso de psicanálise clínica eu completei o questionário ele diz que falhou na nota. Atenciosamente Marilândia Veloso Lima boa tarde!!

  11. Bom dia, A credencial, para quem fizer psicanalise clinica e integrativa é uma única credencial?

  12. boa noite minha neta pegou e fez a prova ,pois tive sai as presa e ficou quieta fui abri e reprovou
    acabou o tempo e o que faco agora

  13. Me interessei pelo curso, como e onde efetuar o pagamento?
    Poderei atender depois que concluir o curso?

    1. Bom dia!
      Após realizar os cursos de formação em psicanálise clínica, psicanálise integrativa e passar pelos módulos de analise didática e supervisão, sim.

    1. Entre o ego d o id é que o ego acata l princípio da realidade diferenciando do que é da mente e o que é do mundo externo.

    1. Se eu atingir o limite da quantidade de tentativas e não aprovar em dos questionários, devo continuar? Ou não terei condições de concluir o curso?

  14. Estou feliz em ter concluído o Curso de Psicanálise Clínica Pelo Instituto IEVI Agradeço a todos que fazem o referido Instituto. Por terem repassado todos os conteúdos gratuitos. Outrossim parabenizo a todos que fazem o IEVI pela alta
    responsabilidade com os alunos.
    ATT: José Augusto dos Santos

  15. GOSTEI MUITO DO CURSO E JÁ TERMINEI AGORA QUERO SABER COMO FAÇO PARA PAGAR ESTE CURSO, SE POSSO PAGAR PARCELADO NO BOLETO OU NÃO.

  16. Bom dia.
    Sou bacharel em Direito e me matriculei nos cursos de Psicanálise Clinica e Integrativa.
    Gostaria de receber um norte preciso em relação a como atuar como Psicanalista.
    Obrigado pela atenção.

    1. Bom dia!

      É necessário realizar os módulos práticos de analise didática e supervisão (estágio), para os alunos que não possuem experiência.

      Att,
      IEVI

  17. Eu lido com pessoas na minha ,e são tantos problemas é uma infinidade de diversidade e eu tento solucionar com o dom que Deus me deu ,mais achei que deveria ir além então pedi a Deus direção ,é eu creio que pode ser aqui ,então estou aqui buscando capacidades

  18. Qual é o prazo mínino para conclusão dos tres cursos que compõem o tripé para atuar como Psicanalista Clinico? E se o aluno concluir antes do tempo previsto na carga horária o que acontece no caso da solicitação do pedido do diploma e da credencial?

  19. Tenho interesse em fazer o curso de psicanálise clínica. Essa oportunidade é maravilhosa. Enfim vou fazer o curso.

    1. Não há Conselho de Psicanálise no Brasil. Você como Psicanalista, não tem obrigação de se filiar a qualquer órgão público. O Psicanalista não é subordinado a qualquer órgão de fiscalização profissional.
      Conselhos são criados por leis federais. Se não houver lei criando-os eles não podem existir, pelo menos não terão poder fiscalizador.

      1. Bom dia! Estou muito feliz por ter essa oportunidade, sempre sonhei em ser uma terapeuta. Muito obrigada!!

      1. Boa tarde
        Meu curso de formação é Bacharel em Serviço Social, especialização em Serviço Social e políticas públicas; gostaria de saber se no término desse curso de psicanálise Clínica eu já posso montar minha clínica?

  20. Estou em andamento com o curso, desde já tenho obtido um conhecimento excelente, cada dia mais me interesso pela temática. Recomendo! Curso para vida! Parabéns aos envolvidos.

  21. Deixo aqui meus agradecimentos atodar equip de professores colabradores pesquisadores em fim toda logistica, para poder presta um exelemte trabalho atodos que queram desevolver suas atividades como um profisional na area da psicanalise O Brasil esta precisando de eselentes profisionas nesta area da saude;pastor jose de sousa

  22. Trabalho com crianças, em oficina de artes. O objetivo das minhas oficinas é o desenvolvimento da crianças em vários aspectos. Procuro fazer um trabalho de excelência, buscando sempre conhecimentos e experiências que possam me auxiliar nessa área. Trabalho com jovens e crianças a 20 anos. Gostaria muito de entender a expressão das crianças através da arte, isso significa muito pra mim, pois me ajudará a atendê-lo da melhor forma. Sou formada em Artes Plásticas e pós graduada em Arte Educação. Agora gostaria de saber se posso atuar também como Psicanalista em meu trabalho (particular) e de que forma posso usar esse conhecimento.

  23. Excelente curso oferecido pela IEVI. Concluir o curso formação em Psicanálise, e já obtive o certificado. Sigo fazendo outros. Estou satisfeito!!!

  24. Curso campeão em excelência vale a pena cada parágrafo para quem realmente quer aprender e enriquecer seus conhecimentos.

    1. ola boa noite, eu conclui o meu hoje. voce recebeu seu certificado e credenciais.

  25. Estou concluindo Bacharel livre em teologia é possível que eu faça o de psicanálise!

  26. Muito feliz em ter escolhido o IEVI para fazer o Curso de Formação em Psicanálise Clínica! Conclui essa primeira etapa, hoje, 17 de maio de 2023! Um universo de conhecimentos teóricos e tudo muito bem elaborados para o aluno aprender sem dificuldades! Este curso está sendo um divisor de águas em meu caminhar, para o meu auto conhecimento e para meus propósitos futuros! Pretendo me inscrever no Curso de Formação em Psicanálise Integrativa, enfim, também a de análise e supervisão para atuar com precisão! Deus me ajude em todas as etapas, pois este é o ambiente (virtual EAD) certo! Gratidão ao site e todos os envolvidos nessa missão!

  27. No contexto da psicologia, o ego além de fazer parte da personalidade humana, está mais relacionado ao caráter ou seja, a forma como a pessoa se comporta ou pensa.

  28. quero parabenizar toda equipe pelo farto material que envolveu esse curso, abrindo o entendimento, sobre o psique e as varias faces de cada individuo, parabéns

  29. Sou brasileira mas moro na Argentina então não pago impostos no Brasil. Só tenho numero de registro que me derão no cartório e número de passaporte. Com estes números posso obter a credencial de psicanalise clínica ou não são os requeridos?

  30. Show, vou aproveitar a oportunidade e me matricular para aprender mais sobre o ser humano.

  31. Anteriormente eu tinha receio de estudar psicanalise ou qualquer curso que fosse voltado para mente humana, pois via como algo muito complexo. Mas agora, percebo que minha mente simplesmente estava bloqueando algo que hoje vejo como uma matéria bem interessante e prazerosa.

  32. Sonhar e realizar o meu sonho de ser psicanalista clinica, é muito bom. Glorias a Jesus!

  33. A 5 anos estudo psicanálise e agora terminei este curso e pretendo atuar .
    Este curso me ajudou bastante , pois já trabalho na área social com publico evangélico como Pastor e agora terei oportunidade de agregar um ao outro quando necessário.
    Grato a Deus e ao instituto.

  34. Eu estou fzendo este curso. Sou Terapeuta Holístico e a Psicanálise é uma áarea a qual sempre quiz atuar

    1. Pelo visto Freud nos apresenta, como na alegoria da caverna de Platão, que nosso eu verdadeiro e o mundo real é o inconsciente… Já aquela ideia da vida na qual nos manifestamos é apenas uma fração do todo… E o conflito entre estas crenças causam os problemas psíquicos na humanidade.

  35. Achei interessante e resolvi me inscrever fiz Curso de Terapeuta e quero agregar.

  36. Estou gostando muito do curso de formação em psicanálise. Porém, estou tendo que ler no próprio site. Queria baixar (download) pelo menos os e-book, para imprimir e reler várias vezes. Aprendo mais no papel, do que na tela do celular (ou computador). Tem alguma botão, para o download?

  37. Esse curso tem apenas a parte teoria e a avaliação. Mas e a parte de clínica supervisionada? Como fica pra prática?

  38. Pelo visto Freud nos apresenta, como na alegoria da caverna de Platão, que nosso eu verdadeiro e o mundo real é o inconsciente… Já aquela ideia da vida na qual nos manifestamos é apenas uma fração do todo… E o conflito entre estas crenças causam os problemas psíquicos na humanidade.

  39. Estou amando o curso, tem qualidade, e a plataforma é excelente.Os estudos são rigirosos e transnitem nuito conhecimento. Recomendo esta conceituada Instituição.Farei outros cursos.Tenho 65 anos, sou formada em Letras Português/ Inglês e respectivas Literaturas.Tenho pós-graduação em Gestão e Supervisão(360h), Teoria Literária(360h)(Tutoria no Ensino EAD(360h), Psicopedagogia Institucional, Clínica e Hospitalar (660h) e estou cursando a formação em Psicanálise Clínica

  40. Já conclui o curso psicanalise clinica breve requisitarei o certificado e credencial!

  41. Hoje concluí este curso de “Formação em psicanálise clínica”,que me agregou muito conhecimento, pois possui um
    ótimo conteúdo, metodologia. Agradeço, primeiramente, a Deus por me permitir a isso e ao IEVI por proporcionar conteúdo tão rico e organizado numa plataforma muito bacana. Já solicitei meu certificado.
    Gratidão!!!

  42. Já participei de vários cursos, com certeza esse está entre os melhores, ainda estou no inicio, mas já estou impactado com o conteúdo, estou na primeira etapa A origem da psicanálise.

  43. Comecei o curso a dois dias. Realmente está né surpreendendo muito.
    Sou Antropologo.
    Tenho especializações em: Neurociência. Neurolinguística. Neuropsicologia e Psicologia Organizacional. O curso de vocês é excelente. Parabéns.

  44. A psicanálise nos mostra como resistir os traumas vivenciados, por meio de um sentimento bom, ela nos cura.

  45. Quero deixar aqui o meu agradecimento ao Instituto Videira pelo curso que realizei. O formato do curso, o poder fazer e pagar apenas o certificado e a credencial… foram fundamentais para que eu conseguisse conclui-lo e, com isso, realizar um sonho.
    Muito obrigada!

  46. Recomendo este curso. O programa está muito bem pensado e organizado. A plataforma é bem amigável e, sobre tudo, a orientação pelo zap é rápida e muito cordial. Estou feliz com meu certificado. Nào tive problemas para solicitar nem para pagar pois o soporte estava sempre disponível. Apenas conclui o pagamento me mandaram o certificado. Obrigada!

  47. A psicanálise é uma abordagem intensa, que com o decorrer do tempo o paciente consegue transferir suas emoções ao terapeuta. Esse curso está me proporcionando fazer uma autoavaliação da minha vida.

  48. Olá, gostaria de fazer o curso, poderei atuar como psicanalista clínica? Gostaria de saber como faço o estágio supervisionado, se vocês nos colocam para fazer? Como é? Quero abrir meu consultório. Ninguém tá respondendo o WhatsApp.

  49. Excelente curso. Ótimo material. Bem objetivo e bastante rico em conteúdo. Parabéns à IEVI

  50. Curso muito bom, com informações uteis e direcionadas para a formação em psicanálise clinica, além da forma didática ágil preconizado pela moderna pedagogia.
    Parabéns a equipe

    1. Boa tarde, meu nome é Laura, sou de Canoas/RS, estou começando o curso hoje, espero conseguir alcançar meus objetivos ao me matricular no curso, ou seja conhecer o pensamento freudiano.
      E sua aplicação no tratamento dos pacientes. Portanto, vamos começar..

  51. “Que a luz que nos guia , seja mais forte que a luz que nos cerca “

  52. FIZ O CURSO E SALVEI TODO MATERIAL É MUITO IMPORTANTE PARA LEITURA E TIRAR DUVIDAS, O CURSO É BEM COMPLETO PARA QUEM REALMENTE QUER FAZER PSICANÁLISE O MATERIAL E MUITO BOM.

Os comentários estão fechados.