Formação em Psicanálise Clínica

Formação em Psicanálise Clínica

This content is protected, please login and enroll course to view this content!

299 comentários sobre “Na prática

    1. A tatuagem é um meio que o indivíduo encontra pra tentar se sentir completo, como forma de se sentir aceito, parte de um grupo ou tentar afirmar verdades que ele gostaria que fossem reais em sua vida, mas que nem sempre são.

      Responder
      1. Eu ,já acho diferente ,penso que a pessoa tatua o corpo por moda, para chama a atenção por algum motivo, seja ele uma deficiência, ou uma marca de nascessa.

        Responder
        1. A tatuagem da Bela adormecida para Sidney é considerada o reflexo do que ela passou, os espinhos representa as dores que ela enfrentou , na representação tatuada no corpo ela expõe sua trajetória que mesmo sendo marcada por sofrimento e dor, ela não consegue se desligar do processo e chega a um ponto de perpetuar no próprio corpo . è um caso analítico pois não se sabe se ela quer com essa ação mostrar que conseguiu superar o que passou ou se sobrevive com a dor de não conseguir se livrar do passado.

          Responder
        2. Também pode haver uma Falha na instância do recalque,deixado passar alguns traumas do inconsciente, a forma q ela encontrou de expor esse sentimentos foi fazendo uma tatuagem, que pode ser alguns traços dos acontecimentos da sua infância.

          Responder
      2. Oi, eu vejo sentido em tuas afirmações mas cada pessoa pode ter tido um motivo muito pessoal, muito íntimo para incorporar em si algo que de início provoca dor ao ser criado. Tentar entender o seu significado pelas próprias palavras do paciente ao longo da análise.

        Responder
      3. A tatuagem pode ser um conforto momentâneo, no entanto é apenas ilusão, pelo fato de carregar um símbolo no seu corpo, não vai definir o seu passado nem o seu futuro.

        Responder
      4. Concordo plenamente, eu mesmo uma vez quis fazer uma tatuagem mesmo não concordando para tentar fazer parte de um grupo e se encaixar em um perfil aceito. Desisti e sigo a vida.

        Responder
      5. No caso da Sidney, a tatuagem da Bela Adormecida cerca rosas com os espinhos cravados em sua pele era a representação da dor e do sofrimento que Sidney teve que passar ao fazer os exames de sangue, com constante perfurações com agulhas. Foi uma maneira que ela encontrou de fazer as pessoas, ao mesmo tempo verem o seu sofrimento e participarem com ela da sua luta pela busca da cura.

        Responder
      6. José Artur Machado era membro da classe média carioca e em 1974 adentrou o atelier do dinamarquês Knud Gregersen para que fosse tatuado em seu braço um dragão. Ato esse revolucionário porque a tatuagem, para a sociedade hipócrita e falso moralista, era coisa de malandro, vagabundo, presidiário. Caetano, em sua música Menino do Rio, faz apologia a esse fato: “Dragão tatuado no braço”. Petit, como era conhecido entre os pares, era um rapaz feliz, tinha tudo que um jovem da classe média carioca queria ter: beleza, mulher, dinheiro e fama. Mas em 1987 sofreu um acidente de moto que o deixou paralítico. O dragão, símbolo de rebeldia, de confronto com aquela siciedade não resistiu ao abalo de perder a sua condição de voador social e cometeu suicídio em 1989.

        Responder
      1. Pela minha compreensão do texto a tatuagem da Bela adormecida resignificou a passagem traumática vivida pelo personagem em questão. Nos dias atuais pode também ser por identificação de massas ou resignificação do corpo e de sua identidade.

        Responder
        1. Sim, os traumas sofridos por Sidney estavam armazenados no inconsciente, as experiências que ela sofreu estavam reprimidas e continuavam à lhe influenciar sem que conscientemente ela se desse conta disso. A mesma externou no corpo o que na verdade estava tatuado no seu inconsciente.

          Responder
      2. Essa foi a forma que ela teve de encarar o seu sofrimento,mesmo sentindo dores ao realizar essa tatuagem isso parece dar forças para ela seguir em frente e tratar seus traumas

        Responder
      3. A tatuagem para algumas pessoas é maneira de expressar um sentimento escondido. Tem sempre alguma coisa por trás de uma tatuagem.

        Responder
    2. Em Tatuagens e marcas corporais, a autora, fazendo-nos contornar o que seriam as bordas corporais, coloca-nos em contato com uma superfície discursiva que, qual uma fita de Moebius, ao mesmo tempo divide e torna um só natureza e cultura, experiência e representação, corpo e linguagem.

      Responder
    3. A tatuagem pode ser analisada em duas instância, de preencher o vazio de algo, ou uma alegria para não ser esquecida , isso e muito complexo pois cada ser humano relata sua vida e suas experiências da forma que lhe faz bem.

      Responder
    4. Tudo depende muito da escolha da tatuagem,tem pessoas que fazem tatuagem é se arrepender outra por algum recalque,cada caso clínico e diferente um do outro.

      Responder
    5. A tatuagem é um elemento identificador de uma passagem de um momento para outro e as vezes a demarcação do empoderamento desse corpo que fala, mas permanece obrigatoriamente calado por imposição da sociedade

      Responder
    6. A tatuagem, por não ser uma estrutura clínica, não é passível de uma interpretação única pela psicanálise. O que se pode, como assinala Costa (2010), é acompanhar sua tomada singular, ou seja, os efeitos que produz em cada um, acompanhando uma relação entre pulsão e signo que entra em causa nesses momentos

      Responder
      1. É isso que, de certa forma, dificulta a aceitação da psicanálise como ciência pelos praticantes da ciência tradicional. Além de cada caso ser único, a psicanálise é fraca na previsibilidade de ocorrências futuras.

        Responder
    7. Além do recalque, a ideia de racionalização e regressão interessam à análise do caso, uma vez que o registro de uma ideia através de um símbolo ou imagem, como o caso da tatuagem, rememora perdas ou situações de conflito.

      Responder
    8. O curso tem trazido horizontes não explorado por outros da mesma área. Percebe-se a seriedade e o bom uso das palavras ao trazer este tópico de tatuagem e a psicanálise, trazendo case e pontuando como este caso é visto pela psicanálise. Para tanto, a citação ipse litteres demonstra isso “a tatuagem, apesar de ser visível, evidente, carrega em si uma destruição que opera os padrões de recalque”.

      Responder
  1. A TATUAGEM TEM SEU LADO BONITO, PRA QUEM GOSTA DE TATUAR O CORPO,MAIS ALGUMAS PESSOAS, FAZEM ALGUMAS TATUAGENS POR ACHAR ELAS BONITAS E NEM SABE VERDADEIRO SIGNIFICADO DELA.E ACABA TATUANDO O CORPO.MUITAS GANGUES E MÁFIAS, USAM TATUAGEM PARA MOSTRAR SEU POSTO DO PODER ENTRE SOLDADOS E CHEFES.

    Responder
    1. Nesse estudo de caso, conclui que através da pulsão da morte, ela demonstra estar em conflito e como sua imagem está afetada.
      Seu Eu, está doente, como seu corpo e se expõe através da tatuagem, para encobrir sua insatisfação e se manifesta de forma destruitiva, mesmo que pense o contrário.

      Responder
  2. A tatuagem é uma for de se conectar com aquele sentimento ou aquela emoção que em outro momento foi marcante em nossas vidas.

    Responder
  3. A tatuagem representa uma imagem positiva mas mesmo momento ela significa linguagem da verdadeira indentidade do corpo da pessoa, dependendo da imagem configurada que está estampada na pele do sugeito poderá transferir uma ação do Eu na concepção.

    Responder
  4. A tatuagem pode ter diferentes representações que podem ser de lembranças boas como nos casos de retratos, lugares, símbolos, dentre outros. Mas também podem sinalizarem momentos de angústias, e isso pode ser confirmado em tatuagens de eletrocardiogramas, corações flechados ou com lágrimas. Um simples tatuagem pode “falar” muita coisa.

    Responder
  5. Clareou muito esse estudo de caso. Como é importante conhecer e começar a ter base para iniciar uma sessão.

    Responder
  6. A tatuagem revela nossas paixões e o que gostamos , assim como o que lemos , musica que escutamos . tudo é gosto

    Responder
  7. Acredito que a tatuagem seja o grau maximo da insatisfação com os meios tradicionais de manifestação de algum sentimento, o que leva o individuao a infligir dor ao seu corpo pelo simples desejo de eternizar um momento ou manifestar um sentimento.

    Responder
  8. A tatuagem as vezes representa o estado de sentimentos ou emoções em que a pessoa se encontra. então ela começa a expressar ou expor através de imagem representativa em seu corpo.

    Responder
    1. Conteúdo bem explicado,onde a tatuagem é usada como um meio de preenchimento de um vazio existente na vida da pessoa.

      Responder
  9. Tatuar-se e a relação com o eu, na instância do id, na representação do aparelho psíquico, construir uma imagem no corpo como se fosse identifica-lo se remeter a um fato cujo fardos para isso furar a pela novamente como representação do sofrimento remetendo a pulsão.

    Responder
  10. A tatuagem e como um remédio para o estômago que alhuem toma para aliviar a dor de cabeça por isso que nunca passa ador que ele sente e ele continuar vivendo na iluminação que a mais uma tatuagem vae resolver e a ilusão continua

    Responder
  11. A tatuagem, representa diferentes intenções, algo marcante ou importante na história de um indivíduo. Consequentemente ele se sente marcado perpetuamente em sua vida no corpo e na alma.

    Responder
  12. Se tatuar e a resposta que o eu procura para amenizar o sofrimento daquilo que o indivíduo não quer falar

    Responder
  13. Tatuar-se, é um recurso para descarregar uma energia pulsional e também, tentar estabelecer uma autoafirmaçao de poder ou controle sobre alguma situação e do próprio corpo.

    Responder
  14. Nunca tinha parado pra pensar dessa forma. mas de fato da pra compreender como a tatuagem é um padrão de recalque.

    Responder
  15. A tatuagem , é uma forma que algumas pessoas encontram pra expressar idéias , ideais,angústias , felicidade.Algumas pessoas até se arrependem, acredito que o fato de optarem por tatuar o corpo , seja um momento de equívoco em algum momento de decisão , frustração , ou que ainda esteja perdido em suas eventuais atitudes.

    Responder
  16. A tatuagem passa a sre nesse caso, algo para completar a imagem do eu que parte foi perdida com a doenca. Qdo ela faz esse desenho, assume sua condicao e reconhece o seu novo eu.

    Responder
  17. Com a tatuagem, essa jovem quiz registrar de uma forma artística em seu corpo, algo que de uma certa forma sugou seu tempo, sua vida.

    Responder
  18. Creio que as motivações que levam alguém a fazer uma tatuagem são diversas: Pode representar rebeldia, no sentido de resistir às imposições sociais, pode representar lembretes de conquistas, pintura de guerra, ou pode apenas servir de destaque para se diferenciar dos outros…. De qualquer forma a tatuagem externaliza aquilo que está no inconsciente. Provavelmente temos na tatuagem uma manifestação do ID: Uma punção impressa no corpo para satisfazer um desejo, ou, uma maneira de manipular a imagem que as outras pessoas devem ter do tatuado, e por meio dessa imagem, reafirmar a própria imagem que o tatuado tem de si.

    Responder
  19. A tatuagem está entre as formas de arte mais antigas e na história do homem. A de cinco mil anos, culturas localizadas por todo o planeta colocaram tintas permanentes em seus corpos, que eram utilizadas como defesas místicas, símbolos de status, ritos de passagem ou simplesmente como decoração pessoal. A tradição continua hoje, com o acréscimo de novas as razões para a sua utilização.

    Responder
  20. A tatuagem é o modo pelo qual o indivíduo expressa suas dores traumas e alegrias, sendo assim para entender melhor seria avaliando o indivíduo desde sua infância para saber realmente o teria o levado a fazer as tatuagens.

    Responder
  21. A tatuagem.represneta algo que queria eternizar em seu corpo. Em outras ocasiões um maneira de demonstrar o que sente através de símbolos.

    Responder
  22. A tatuagem é uma maneira da pessoa expressar, e até mesmo colocar pra fora um pouco aquilo que ela sente.

    Responder
  23. A tatuagem é uma espécie de chiste que representa algo na vida naquele que porta o desenho, seja este desejo real ou não.

    Responder
  24. A escolha de uma tatuagem está ligada diretamente com as experiências pelas quais a pessoa passou e podem ser simbolizadas em uma tatuagem como necessidade de representação do eu. Como no exemplo a escolha da branca de neve estava relacionada com a doença do sono enfrentada pela pessoa assim como a tatuagem de um santo está relacionada com a necessidade de proteção. A psicanálise percebe nestes fatos uma relação do eu com o corpo.

    Responder
  25. no casa da tatuagem penso que o ser humano tem nessecidade de peretuar sua experiencia traumatica por dois motivos 01 crecer com ela 02 se vitimizar por isso eu acho que cada caso deve ser estudado dentro do seu contexto e sua realidade

    Responder
  26. A lembrança arremete algo tanto bom como ruim ,como porem a necessidade de um certo flagelo cria o sentimento de débito por ocasião de crer de fato que mereceu o ocorrido ou o próprio conceito de si mesmo (o Eu) mas isso pulsiona a questão do pagento pelo fato,então assim si submete a tanto quanto a mutilações e tatuagens para satisfazer o seu conceito de condenação a está “pena”.

    Responder
  27. Cabe-me pensar que a tatuagem é um refugio, que seja inconsciente, muitos se tatuam nos momentos de angústia e sofrimento, outras pessoas querem chamar atenção para si. É uma forma de identificação querendo moldar o próprio ego.

    Responder
  28. A tatuagem é a expressão gráfica de uma produção psíquica inconsciente do sujeito. Ela denuncia um ato de linguagem, com seus simbolismos, e a oralidade discursiva. A imagem impressa na pele adquire valor de uma figura do mundo intrapsíquico. A tatuagem é uma tentativa de oferecer na superfície do próprio corpo a realização a uma representação de um afeto ou desejo reprimido no inconsciente.

    Responder
  29. O corpo “fala”, como está o interior do indivíduo, fazer a leitura desta linguagem requer estudo de caso, visto que a tatuagem pode ter significado diferente de uma pessoa para outra, e por trás desta tatuagem pode camuflar os mais variados sentimentos.

    Responder
    1. E também pode vir através da timidez, sentimento que impede a pessoa de responder sim e não na hora certa, se deixar levar pela opiniões alheias, conheço pessoas que se arrependeram de ter feito e diz ter feito por motivação de amizades. Na verdade ele mesmo não se conhecia.

      Responder
  30. Tive algum conteúdo psicológico no curso de Magistério, depois, graduação e pós. Mas, considero esse módulo bastante complexo e creio que deva ser um dos mais importantes do curso. O estudo de caso, me mostrou que ainda devo ler muito os conteúdos psicanalíticos para poder argumentar com alguma propriedade, em situações como essa. Excelente conteúdo! Gratidão!

    Responder
  31. A tatuagem apresenta diferentes finalidades, desde ornamentais até curativas, passando pela marca identitária de provas iniciáticas. Podendo também ser entendida como uma forma de linguagem que aponta para a subjetividade, caracterizando a busca de identidade delimitando-se no registro Simbólico. Assim como uma tentativa de livrar-se de angústias inomináveis, circunscrevendo-as- no registro Imaginário.

    Responder
  32. No caso em questão a tatuagem representava o momento que Sidney estava vivenciando, de alguma forma se sentia motivada e completa com a tatuagem escolhida, agora acreditava ter forças para seguir em frente. Na atualidade temos também o modismo, para pertencer ao grupo é preciso ter tatuagem e quanto mais você se tatua e usa piercing etc, mais “poderoso” você é. A tatuagem carrega em si uma destruição que opera os padrões do recalque.

    Responder
  33. O uso de tatuagens, esses elementos gráficos que são impostos à superfície do corpo, como carimbos e chancelas de uma identidade imaginada do sujeito, podem representar recalques, como no caso estudado, podem representar a busca pela aceitação do sujeito pelo grupo com o qual se identifica e pode também servir como elemento narcísico na construção da personalidade, a meu ver. Muito interessante e enriquecedor a análise apresentada sobre a questão, que é bem complexa, através de um caso supostamente concreto do uso dessa ferramenta identitária. Parabéns!

    Responder
  34. No meu entendimento cada ser humano carrega em sim os motivos em fazer uma tatuagem, alguns com objetivo de sentir-se empoderados ,outros para ocultar alguns traumas não verbalizado, expressado em uma tatuagem , outros para acompanhar o modismo, até de forma inconsciente ,portanto acho relativo e singular os motivos das escolhas. Fato que ,a tatuagem expressa algum sentimento para quem faz.

    Responder
  35. A tatuagem é uma maneira da pessoa demostrar aquilo que não conseguiu ser comunicado em alguma fase da sua vida. A pessoa decide carregar um traço do seu momento atual inconscientemente em forma de imagem vista no corpo.

    Responder
  36. Complementando os valiosos comentários feitos aqui, muitas pessoas dizem que se tatuam para ressignificar algo que lhe causou dor e sofrimento. Entendo que o caso de Sidney foi nesse sentido de ressignificar sua dor, mesmo que para isto, sinta dor novamente das agulhadas da tatuagem.

    Responder
  37. A mensagem que a tatuagem carrega traduz em iconicidade a representação figural de uma memória que para sempre permanece ali aplicada, como no case Sidney que remetem a jovem tatuada à relação com momentos de sua própria vida. Como bem observa o autor do case; “a tatuagem, apesar de ser visível, evidente, carrega em si uma destruição que opera aos padrões de recalque”. A tatuagem, por não ser uma estrutura clínica, não é passível de uma interpretação única pela psicanálise.
    O que se pode deduzir, como assinala o case em tela, é que o inconsciente se torna presente em imagens que condensam deslocamentos, disfarçam significantes, vozes, vestígios do inconsciente, visto a tatuagem ser uma forma de linguagem que aponta para a subjetividade, trabalhando a serviço da busca identitária e circunscrevendo-se no registro simbólico expresso num ato ficcional, elemento narrativo subjetivante do sujeito, neste case, a Sidney, que a ostenta como tentativa de fazer borda a angústias inomináveis, circunscrevendo-as no registro Imaginário da sua imagem.

    Responder
  38. Existe caso e casos .o indivíduo que se expressa através de tatuagem expondo suas emoções.
    O indivíduo masoquista que adora sentir dor .
    E o tatuado e o tatuador em forma de arte

    Responder
  39. Relembrando o exercício do “Princípio da Imagem Pessoal”, onde a imágem do corpo é específica de cada indivíduo, está associada ao sujeito e conta uma história pessoal, assim também a tatuagem é uma forma de comunicação visual, uma forma de linguagem, desenhada imaginariamente para traduzir vestigios do inconsciente e de objetos recalcados pelo superego.

    Responder
  40. A tatuagem é uma forma do individuo refletir em seu corpo as suas dores e sentimentos, lembranças que trazem em seu inconsciente, sejam eles bons ou ruins.
    Vêm, também, demonstrar traços de sua personalidade, mesmo que inconscientemente.

    Responder
  41. É muito relativo a experiência sobre fazer tatuagens, ou seja, não é possível estabelecer um padrão tal. Mas a grande parte a razão está intimamente ligada a tentativa de satisfação do ego, o que acaba por resultar numa experiência insaciável.

    Responder
  42. A tatuagem è um meio de comunicar se de uma forma ou de outra o que você EU não consegue dizer. Uma forma de ex pressão seja esta de amor vou nao que a pessoa exterior tenta passar atravessa demarcação do corpo, mesmo sabendo que para muitos é irreversível.

    Responder
  43. Toda tatuagem quer significar alguma coisa. No caso de Sidney, o desejo de superar tudo que já passou, o sofrimento pelas furadas dos exames e a falta de sono. Tudo é motivado por algo.

    Responder
  44. Tatuar é um modo de expressão, de seus sentimentos,ajuda a preencher o vazio que sente.colocando pra fora suas emoções e frustrações..muitas pessoas tem dificuldade de expressar sentimentos,dessa maneira ele se fecha…a tatuagem é um meio de se comunicar..

    Responder
  45. Acho eu que o indivíduo faz tatuagem manifestando mutilação para se sentir a dor da rebeldia para chamar a atenção aps outros, porque os tempos outrora era escravidão ,quer dizer só recebia tatuagem os escravos pelo os seus donos ,hoje virou moda

    Responder
  46. Sob a minha perspectiva ela estava tentando de alguma forma transferir um pouco da dor que sentia para a imagem, como se a presença da imagem pudesse absorver ou dividir os momentos de angustia e dor que ela sentia, sob a tatuagem temos a bela adormecida, personagem fictício cuja bela jovem amaldiçoada adormece em sono profundo sendo incapaz de acordar por meios exteriores, “Sidney e sua doença”, até que o príncipe a desperte “esperança que Sidney possui em um dia se ver livre de suas mazelas”, Rosas e espinhos “Rosa é o símbolo da beleza intocável, cheia de espinhos, beleza e as picadas que Sidney sofrerá durante sua vida”.

    Responder
  47. A tatuagem é como se fossem as palavras os sentimentos que ela não consegue falar ou se expressar, então perdem a noção do bom senso com sigo mesmo.

    Responder
  48. Ela usa a tatuagem como meio de aceitação, um símbolo de força para encarar a realidade do eu que está doente, dessa maneira ela usa a explicação do desenho para acreditar nas próprias afirmativas que ela dará formas para superar o que passou, ela não se curou do trauma, ela o projeto a uma imagem que representa uma força, a que ela mesma busca para si e para continuar.

    Responder
  49. A tatuagem é feita para sentir-se empoderado, buscando em alguns casos uma nova identidade, para aliviar frustrações e recalques que quando identifica se com a tatuagem bem escolhida, passa a ter mais segurança em si mesmo, com o seu próprio eu

    Responder
  50. O ato de se tatuar tem tudo a ver com o recalque, falo de experiência própria. Sofri um acidente de moto e acabei fraturando minha perna em 5 partes, levei aproximadamente mais de 40 pontos. e toda vez que eu olhava para a cicatriz eu lembrava do dia do acidente, das dores pós operatória. E para não trazer essas memórias para o meu consciente eu fiz uma tatuagem que disfarçou muito a cicatriz. Ainda lembro do acidente, mas me sinto melhor depois que fiz a tatuagem.

    Responder
  51. A tatuagem de Sidney representa tanto a imagem do inconsciente quanto a imagem de seu consciente. Por meio dela, Sidney se submete a passar pela mesma dor que as suas agulhadas durante o tratamento que vivenciou. Dessa forma, ela redireciona os impulsos e se motiva a seguir em frente em meio às dores físicas, psicológicas e emocionais que a sua vida lhe impõe.

    Responder
  52. No caso da jovem fez a tatuagem para fazer lembrar do que passou e sentir mais forte para encarar a vida…Em outros cásos pessoas se tatuam para se inserir em um m meio um grupo outros para se sentir poderosos bonitos se mostrar.Em outros tem raiva do próprio corpo então se machuca com tatuagens e sente prazer com isso….Com tudo acredito que tudo que faz no corpo em exagero como tatuagens cirurgias plásticas piercings…È um distúrbio que precisa ser investigado…

    Responder
  53. No caso da jovem fez a tatuagem para fazer lembrar do que passou e sentir mais forte para encarar a vida…Em outros casos, pessoas se tatuam para se inserir em um m meio um grupo outros para se sentir poderosos bonitos se mostrar.Em outros tem raiva do próprio corpo então se machuca com tatuagens e sente prazer com isso….Com tudo acredito que tudo que faz no corpo em exagero como tatuagens cirurgias plásticas piercings…È um distúrbio que precisa ser investigado…

    Responder
  54. Pode ser considerar que nenhuma tatuagem é por “acaso”, as tatuagens são historias guardadas, são momentos ou ate mesmos uma forma de expor sua dor, que foi no caso do estudo citado. É muito engraçado pois ja vi pessoas que fazem tatuagem e ao perguntar ao sobre o significado daquela tatuagem a pessoa não sabe dizer, e ao passar algum tempo a pessoa começa a contar sobre o porque fez aquela tatuagem, oque ocorreu alguns dias antes, por exemplo, ou seja era algo guardado e foi uma forma de representar aquele conteúdo, já vi alguns casos assim nas rodas de amigos. Estudo muito importante.

    Responder
  55. A tatuagem tem vários contextos muitos adotam como forma de protesto de apropriação do corpo, para homenagear pessoas, idolatria, como uma forma de expressar a sua personalidade e gostos com imagens e também no contexto sensual(no caso de mulheres) dependendo da parte do corpo escolhida, conheci um rapaz já que faleceu devido a um doença cardíaca, ele tinha tatuado o rosto de Jesus cristo no peito para simbolizar a sua fé e para relacionar o sofrimento dele. A tatuagem de uma pessoa diz muito sobre ela se for analisada.

    Responder
  56. Conforme o texto acima do relato, a questão não é somente a tatuagem, mas sim as modificações permanentes, então também poderíamos considerar as cirurgias plásticas, harmonização facial… Como são permanentes, assim como as tatus e piercings, independente do motivo aparente, são exteriorização de estados, tanto para exteriorizar quanto para esconder.

    Responder
  57. As pessoas que se tatuam buscam se sentir significativas no mundo, também uma forma de defesa e afirmaçao um sentimento escondido.

    Responder
  58. A tatuagem é uma representação externa de uma produção psíquica inconsciente do indivíduo. No caso em questão atua como uma intervenção na apresentação real de seu corpo e pode configurar uma busca pela reapropriação de seu próprio corpo tomado pela doença. É como estar no controle em relação ao que acontece com seu corpo.

    Responder
  59. Sim a tatuagem é uma forma de expressar os sentimentos mais profundos , e que no caso da Sidney ainda trouxe mais dor pra expressar tudo isso , acredito que seja uma pulsão apenas … pois gera sofrimento também !

    Responder
  60. A busca de uma significação do sofrimento psíquico que Sidney elabora na tatuagem explicita no seu corpo suas angústias que, de alguma forma, ela tenta externar, ainda de forma pulsional, onde os elementos tensionais do seu Eu elaboram de maneira inconsciente suas escolhas dos símbolos que serão desenhados no seu corpo, como forma de compensação intrínseca à sua imagem.

    Responder
  61. A tatuagem é um modo de inscrever no corpo uma lembrança, é uma tentativa de abrandar conflitos e contornar angústias. Marcam a presença de uma dor. Representa uma perda que fica marcada no corpo para se reconstruir. No caso da Sidney, a tatuagem da Bela Adormecida representa a doença e os espinhos mostram os sofrimentos passados em exames em busca da causa da doença.

    Responder
  62. Tatuagem é um tema até inusitado de apresentar sintomas de auto aceitação seja com sigo ou meio onde vive. Se é algo que se ver sempre acaba convencendo de que é o bom a se fazer ,legal diferente e daí por diante.
    Em todos os meios que vivemos tem sempre um demonstrando sua personalidade por meio de uma tatuagem,exemplo: no esporte,seriados de TV e entre outros.

    Responder
  63. Eu fiz uma tatuagem poucos meses depois que terminei um namoro de 4 anos, na época, eu queria uma mudança, me sentir “livre”, sentir que eu tinha o controle sobre mim e meu corpo. A Psicanálise me surpreende rrs

    Responder
  64. Através da tatuagem podemos observar que cada um externa seus sentimentos muitas vezes inconscientemente no seu corpo e observando os mesmo podemos até fazer uma leitura do sujeito através da própria tatuagem. Sabendo que cada tatuagem se refere a um momento de cada um.

    Responder
  65. tatuar, nada mais que uma forma de defesa, de pertencimento a um grupo, de reforçar o que pensam sobre algum assunto ou pessoa.

    Responder
  66. Sempre pensei que a tatuagem era pra satisfazer algo que falta,um domínio do eu,um sentimento de eu quem mando.só que, quem faz uma, dificilmente para nela só. Vira algo vicioso, uma vontade que nunca será preenchida,precisa sempre de mais

    Responder
  67. A tatuagem assim como o processo de se tatuar, contém sentidos percebidos conscientemente, além de várias funções e aspectos com sentido que são inconscientes. A inscrição na pele carrega uma importância única para cada individuo, pois é a representação de algo de sua vivência.

    Responder
  68. A questão da tatuagem é algo muito profundo, são decisões que trazem um sentimento de pertencimento muito grande. Decisão muito genuína e particular que está no íntimo de cada um. cada desenho uma história e um mix de sentimentos. para quem vê, um rabisco, para quem faz um significado.

    Responder
  69. E esse final perfeito: “A tatuagem, apesar de ser visivel, evidente, carrega em si uma destruição que opera aos padrões do recalque”.
    Transcrevi o texto final para mentalizar.
    Curso perfeito!

    Responder
  70. A tatuagem é uma forma de externar uma angústia , um acontecimento prazeroso vivido num período, seja no passado ou presente.

    Responder
  71. Excelente análise. O ato de tatuar-se pode indicar que a pessoa quer Primeiro por para fora algo que lhe aflige e/ou Segundo estabelecer um desejo de empoderamento segundo a sua percepção sobre o seu corpo.

    Responder
  72. Tatuagem sempre traz consigo alguma significância para quem a faz. Mesmo que seja algo que não pareça ter tanto sentido, se for analisar o que levou a escolha do que foi tatuado e até mesmo o local onde a tatuagem foi feita, sempre há uma motivação, algo a ser homenageado, a ser marcado para sempre, a ser lembrado incessantemente ou a ser exibido como um troféu ou uma prova de conquista.

    Responder
  73. Na tatuagem há sempre um significado que muitas vezes fala mais do que palavras.Na hora da escolha,o dono do corpo,o Eu,busca escolher aquilo que faz sentido e assim tem o prazer em mostrá-la(algumas são bem pessoais e apenas para os mais íntimos) e assim deixar explícito ou implícito dependendo da região,aauilo que pensa,defende se recorda ou demonstra sua escolha.

    Responder
  74. Para a psicanálise a tatuagem é uma imagem impreessa na pele , ela adquire o valor metonimico do mundo intropsiquico , a tatuagem ,ela é uma tentativa de oferecer na superficie do próprio corpo a realização a uma representação de um afeto ou desejo reprimido no inconsciente.

    Responder
  75. Muito pertinente esse estudo de caso, pois geralmente as pessoas que fazem isso estão passando ou passaram por momentos de angústia e sofrimento pessoal.

    Responder
  76. Penso que a tatuagem é uma maneira de marcar a individualidade e se diferenciar de seu grupo social como defesa à padronização. O indivíduo faz tatuagem também como um aspecto de marcar uma mudança em sua vida.

    Responder
  77. A tatuagem que fez em seu corpo foi uma forma de um grito interno, mostrando para muitos a sua experiência de vida trazendo para si o aparelho do espelho que ela por sua vez se viu no personagem literalmente.

    Responder
  78. No caso da Sidney, como há uma
    compulsação à repetição, atreveria-me a dizer que essa jovem ainda está no processo de trazer para o seu corpo as experiências traumáticas vivenciadas por causa da sua doença e, posteriormente, enxergá-las à luz da psicanálise.

    Responder
  79. Na ótica da psicanálise as tatuagens podem ser entendidas como uma forma de expressão da identidade pessoal ou como mecanismo de defesa. De acordo com essa teoria, as tatuagens podem ser vistas como uma forma de afirmação da própria identidade, ajudando a construir uma imagem positiva de si mesmo. Também podem ser vistas como uma forma de marcar o corpo com algo que tenha significado pessoal, como uma forma de se conectar com as próprias emoções e experiências.
    Por outro lado, também podem ser entendidas como um mecanismo de defesa, ajudando a proteger a pessoa de ansiedades e medos

    Responder
  80. No meu ponto de vista, mediante as pulsões do inconsciente, algumas pessoas para expressar o que elas estão sentindo e ou suas angustias e sentimentos, marcam seus corpos para serem vistas ou demostrarem o questão sentindo, sejam coisas boas ou rins, e forma de expressão que algumas pessoas usam para se impor ou pedirem socorro através de que os observa.

    Responder
  81. Bick (1968), afirma que a manipulação da própria pele através da tatuagem representa, em uma camada primitiva [da mente], uma tentativa de ter a experiência de um objeto seguro e que dê limites de uma forma muito concreta. Dessa maneira, a tatuagem desloca um afeto insuportável para uma lesão dolorosa no próprio corpo, e assim ele se torna suportável. A partir desta perspectiva, mesmo sendo um procedimento muito comum, a tatuagem pode ser considerada um sintoma limítrofe (borderline). Depois da cicatrização da pele ferida, a tatuagem se torna integrada ao corpo, tátil e sensorialmente.

    Responder
  82. O inconsciente quando não está preparado ( amadurecido) para tal ação que acontece muito das vezes na infância, ele guarda. Como o inconsciente não tem passado e nem futuro ( é consciente/ constante real) e tudo que se assemelha a Dor da ação vivida, o inconsciente traz a tona do que está empilhado, como ela não sabe processar, a formar é registrar , é uma forma de colocar para fora, a dor que se encontra no Topo de empilhamento do inconsciente.

    Responder
  83. Como o inconsciente é Atemporal, está jovem está colocando para fora tudo que está no empilhamento do inconsciente, que a causou Dor Somatica, o fato dela tatuar-se e enquadrar ali um espelhamento, para se potencializar, a tatuagem será para ela em muitos momentos Lutar o fugir, mais isso não será a resolução do problema. Tem que fazer o reprocessamento do Inconsciente o Dedo podre deste conflito, gerar o amadurecimento.

    Responder
  84. Mesmo com a popularização da tatuagem, o modismo de marcar o corpo, ainda carrega uma mensagem total ou parcialmente oculta, visto que o indivíduo pretende transmitir alguma informação que talvez não consiga fazer de outra forma. Mesmo as tatuagens estampadas em áreas pouco visíveis do corpo, remete a alguma situação ou sentimento reprimido.
    Muitas vezes uma tatuagem do nome de uma pessoa querida, foi a maneira encontrada pelo indivíduo para declarar admiração ou remorso devido a dificuldade de conversar sobre alguma questão difícil.
    No caso apresentado, o trauma motivou aplicação da tatuagem para expor sentimento e proporcionar um pouco mais de dor.

    Responder
  85. sentimento preso por nao pode fazer as suas atividades normal ,fez com que ela ativa a sua memorias pelo sofrimento que viviu em um hospital . acredito que ao tatuar o seu corpo desmonstra uma liberdade de viver tudo aquilo que foi proibida . aceita superego fez com que ela ficasse somente preso nele . para nao fica triste com as proibicoes que a propria doença estabeleceu . a tatuagem faz ela lembrar da sua importancia na sociedade .

    Responder
  86. A tatuagem é uma forma de colocar pra fora o que o consciente guardou no inconsciente em tempo real, uma maneira de encontrar uma identidade através da imagem exposta em si mesmo. Ela tira de dentro de si um sentimento insuportável para trazer na pele uma dor suportável … um procedimento comum considerado borderline trazendo na pele uma cicatriz integrando senão corpo.

    Responder
  87. Neste caso a jovem que conta estar com uma doença grave e resolve fazer uma tatuagem. No meu ponto de vista é um mecanismos de defesa, a sublimação, para ela lidar com as dificuldades, por tudo que esta passando com a doença. Seria uma maneira dela criar forças para prosseguir em frente buscando melhoras e até a cura.

    Responder
  88. Do ponto de vista Psicanalítico estudado até aqui, a tatuagem é uma forma de contar uma história sentindo novamente as mesmas nuances que ela possui, mas no campo da lembrança. Dependendo da disposição do indivíduo, essa tatuagem pode cumprir uma função de recontar essa história vivida de modo a colaborar para um processo de resignificação de um trauma ou uma conquista. Aos “leitores” da tatuagem, cabe apenas a interpretação pessoal partindo da visão de mundo de cada um, afinal, a melhor da pessoa para contar o significado de uma tatuagem na pele é a própria pessoa que carrega aquela imagem tatuada.

    Responder
  89. A tatuagem é simbolicamente uma repressão ou algo proibido e que se manifesta em forma de imagens do inconsciente e que de alguma forma representam disfarces e deslocamentos subjetivos.

    Responder
  90. O ser humano tem buscado cada dia mais formas de externar o que sente, o que pensa, e isso é super válido, faz parte da nossa evolução.

    Responder
  91. Tatuagem,isso depende do ponto de vista de cada um, alguns se tatuam porque acha bonito, outros tatuam porque o desenho tem um significado, todos tem uma forma e uma percepção sobre o assunto, e a pessoa que faz um forma de sentir ….

    Responder
  92. A tatuagem é uma manifestação externa do que existe internamente no indivíduo. Seja algo triste ou alegre que marcou a vida dele. Ele eternizou no corpo como uma memória visível.

    Responder
  93. segundo o estudo de caso, parece que o individuo ao se tatuar, não o faz aleatório, faz como uma forma de reprimir sentimentos que tenha vivido ou esteja vivendo, uma forma de externar algo que esteja escondido na alma.

    Responder
  94. A tatuagem foi um refúgio ou algo que relembre algum fato ocorrido onde possa representar o quão forte e determinada a pessoa é, no caso apresentado a pessoa quis representar em sua tatuagem o drama vivido e vendo a imagem em seu corpo fará com que possa lutar diariamente dizendo ao seu “eu” que apesar da doença que tenha, ela é capaz de seguir em frente buscando a possibilidade de cura.

    Responder
  95. Nos dias atuais, creio que a tatuagem seja a representação não apenas de lembranças, mas também simbolizam uma crença de que o indivíduo faça parte dessa simbologia que escolheu tatuar. A dor da tatuagem remete o indivíduo às superações de que é capaz, diante de desafios.

    Responder
  96. No estádio do espelho, o indivíduo contempla sua imagem emoldurada e se apropria do eu individual, os eventos traumáticos e abusivos ferem esse eu ideal e deixam marcas inconscientes que geram conflitos internos para busca de soluções, explicações ou geração de prazer. No caso da jovem, especificamente, alem da analogia do sono e cansaço que ela sentia, representada pela Bela Adormecida, os espinhos se referindo as agulhas que lhe causaram dor, também vejo o desejo e a fantasia de ser despertada do sono aprisionante e sofrido por algo magico que a liberte como o beijo do príncipe que resultou no final feliz que ela tanto almeja.

    Responder
  97. No caso Sidney pode estar usando a tatuagem como refúgio e proteção dos sofrimentos gerados pela doença “hipersonia idopática”, agindo então como “recalque ou repressão”.

    Responder
  98. Boa tarde Pessoal. O curso é muito bom mesmo. E essa última questão apresentada é muito esclarecedora no tocante as motivações das ações desenvolvidas pelo ser humano, como no caso da tatuagem.

    Responder
  99. A tatuagem especificamente nesse estudo de caso demonstra um ciclo que a Sidney fechou em torno de seu diagnóstico e todas as vezes que ela olhar para o desenho, vai lembrar do que lhe aconteceu. Ela elaborou a dor dessa forma. Não significa que é assim com todos os que têm uma questão antiga de dor psíquica e física. É muito pessoal.

    Responder
  100. A tatuagem é uma forma do individuo se expressar e mostrar como ele é realmente.. Seje em palavras ou até em desenhos tatuados em seu corpo

    Responder
  101. Querer eternizar um momento de dor e sofrimento pode ser a maior expressão de não superação do trauma causado pelo evento tatuado no corpo. Para as pessoas que não sabem a causa ou a significação daquela tatuagem pode não representar nada mais do que uma simples tatuagem. Porém, para a garota que fez a tatuagem, aquela imagem é um símbolo de dor e sofrimento que ficou marcado no inconsciente, e que através da compulsão o inconsciente a garota é levada a sentir dor de agulhas para que ela supere o trauma de ser perfurada por agulhas.

    Responder
  102. A tatuagem na verdade seria o espelho do seu próprio eu, a parte mais IMPORTANTE!
    Geralmente sempre é a volta-se de fundir o que se considera mais importante com o próprio corpo

    Responder
  103. A tatuagem é uma expressão do seu trauma, e funciona como um símbolo de identidade. Ela entende que necessita de autoafirmação e controle do próprio corpo. Mas também representa um mecanismo de defesa para sublimar a sua insegurança.

    Responder
  104. eu acho complexo dizer que a tatuagem representa algo positivo, eu cresci num meio que a tatuagem representa rebeldia coisa desse tipo, eu não particularmente não gosto de tatuagem, nada contra quem faz uma por estética,para algumas pessoas acredito sim que tem algum significado a figura tatuada ou é de dor, de perca de um ente querido, insegurança ou expressar algo que deseja ser, parra outros que exagera é algo a se analisar porque acaba até perdendo a identidade pessoal,desfigurando a sua imagem de tanta tatuagem.

    Responder
  105. A tatuagem em questão foi uma forma de externar os sentimentos, de expressar o que sente e que na verdade parece se transformam em uma cicatriz eterna , da dor que não foi curada internamente!

    Responder
  106. Geralmente as pessoas que se tatuam buscam se sentir significantes no mundo. Pode ser uma forma de defesa, de pertencimento a um grupo, de reforçar o que pensam sobre algum assunto ou pessoa.

    Responder
  107. Há também casos de transferência de objetos por tatuagem, têm uma parte poética e dolorosa em alguns casos .

    Responder
  108. As civilizações desde as mais remotas tinham o costume de marcar o corpo podemos ver isto na antropologia dos povos, no nosso tempo são as tatuagens e os pircing
    Ao tatuar-se , o individuo esta reforçando a sua identificação com algo ou alguma lembrança, reforçando sua identidade, muitas tatuagens carregam experiencias subjetivas positivas ou negativas com implicações conscientes e inconscientes.

    Responder
  109. Aqui entendi, o que leva a certas pessoas expressarem suas situações e problemas.
    Em atos, desenhos, tatuagens, piercings, automutilação, expressões, ações, etc.

    Responder
  110. A tatuagem tem uma simbologia diferente para cada pessoa, isso nós sabemos. Podendo ser uma passagem na vida, uma glória, ou vitória sobre sacrifícios. Contudo acredito que seja uma maneira de o ser humano expor/escrever de maneira externa (além da mente), seu momento único, para outros e para si próprio possam identificar como marco, seja de partida, de chegada, ou caminhada. Como se dissesse: Eu posso, eu faço, eu consigo, vejam do que sou capaz, vejam o que eu realizei. Mas não exatamente a imagem, e sim a subjetividade do acontecimento.

    Responder
  111. As tatuagens são representações psicológicas . Representa em alguns casos a marca das frustrações vividas e em outros representa um estado de alto afirmação.

    Responder
  112. No estudo de caso, a tatuagem foi uma forma de identificar com seu Eu, o que a instância do Id vivenciou em suas experiências traumáticas, e trazendo uma identidade expressa no corpo proviniente das pulsões do psíquimo.

    Responder
  113. A Psicanálise considera que os símbolos têm um papel fundamental no inconsciente humano. As tatuagens podem vistas como simbolos pessoas que representam aspectos da identidade e da historia de vida de uma pessoa. Elas podem expressar desejos, medos, fantasias, experiências passadas ou traumas. A escolha especifica de um desenho ou símbolo pode revelar significados ocultos ou representar um desejo de se identificar com determinados valores, grupos sociais ou ideais.

    Responder
  114. Os espinhos envolvendo a tatuagem podem ser interpretados como uma forma de proteção. Os espinhos são frequentemente associados a defesas e barreiras emocionais. A garota pode estar expressando uma necessidade de se proteger de alguma forma, talvez como uma reação às dificuldades que enfrenta devido à hipersonia. Essa tatuagem pode ser uma representação simbólica de sua tentativa de se defender contra o mundo exterior.

    Responder
  115. Acredito que ela usou a tatuagem como uma forma de representar a indignação a doença e as consequencias porela observadas, cmoo distanciamentodo grupo de amigos

    Responder
  116. A tatuagem pode ser tomada como forma de linguagem que aponta para subjetividade trabalhando na busca da identidade como forma de símbolo, ou tentativa de expor angústias circunscrevendo-as no imaginário.

    Responder
  117. A pessoa que faz uma tatuagem pode ter diversos motivos a maioria percorreu caminhos diferentes, pois existe aquela mulher que perdeu a mãe ou pai e para suprir a ausência tatua o nome do ente querido, assim como imagens ou jargões que remetem a uma alegria ou uma decepção, na verdade são as marcas que a vida da pessoa trouxe ela quis potencializar para todos perceberem

    Responder
  118. Tatuagem é uma manifestação do eu, em cumprimento da sua responsabilidade do bem estar do id. Amenizando as dores traumáticas causadas por eventuais acontecimentos indesejáveis.

    Responder
  119. A ferida sendo mal curada, que muitas vezes é de uma profundidade que só na terapia pode ser bem interpretada e tratada.

    Responder
  120. Muitas pessoas se tatuam simplesmente pelo modismo, outras para mostrar a sociedade que aquela tatuagem representa algo que elas passaram e superaram e outras pela simples opção de carregarem em seu corpo um desenho ou frase que simbolizem o estado que elas estão passando. A auto mutilação do corpo através da dor é prazeroso para alguns. Tem a questão da estética como forma de arte e expressão criativa e acabam optando por imagens que, independentemente do simbolismo, apresentam um julgamento de beleza e atratividade para si próprio.

    Responder
  121. Uma tatuagem é uma marca que carrega em si uma história, carregada de simbolos que ora estão explícitos ora não. Fato é que eu concordo com a visão que quando chega ao ponto de se marcar, causando dor em si mesmo, por uma marca que vai trazer consigo a história que sem dúvida vai remeter o indivíduo a algum momento marcante da sua vida.

    Responder
  122. Tatuar uma imagem irreversivel no corpo, significa modificar permanentemente o corpo, principal referencia do “Eu”. embora possa ter inumeras justificativas e temas escolhidos para tatuar, uma impressão na própria pele adquire um valor de expressão do “Eu” psiquico. podendo representar a expressão de uma perda, um desejo reprimido pelo pré-consciente, etc.

    Responder
  123. O sofrimento pela doença fez com que ela gravasse esse momento em dor para (amenizar) psicologicamente o que estava passando, assim como existem pessoas que cada vez que perde um ente querido ou termina um relacionamento acaba fazendo uma tatuagem, como se fosse um desaforo uma multilação no próprio corpo para amenizar o que está sentindo pela perda externa

    Responder
  124. A tatuagem pode ser encarada como uma forma de tornar física uma carco que a pessoa traz,em alguns casos externizar superações ou símbolos de eventos do passado.

    Responder
  125. Aqui é claro o relato de Sidney, em querer deixar registrado o que a sua dor representa para si e teu corpo, escolhendo fazer a narrativa bem condizente com o tema…Na esperança de conseguir assim, encontrar uma explicação para sua doença ,teu cansaço , tuas frustrações…

    Responder
  126. De acordo com a perspectiva, escolher fazer tatuagens como uma forma de lidar com emoções e experiências difíceis. Por exemplo, a tatuagem da Bela Adormecida que você mencionou poderia ser vista como uma maneira de transformar ou dar um novo significado a uma experiência traumática vivida pelo indivíduo.

    Responder
  127. Tatuagem – cada pessoa encara a questão da tatuagem de forma singular, um mecanismo, uma forma de demonstrar: conflitos, alegrias, lembranças e até mesmo homenagens.

    Responder
  128. Cada individuo se tatua com um significado próprio, nesse caso ela tinha feridas a serem curada, e por meio da tatuagem busca um sentido

    Responder
  129. Por trás de qualquer imagem, seja ela no corpo, nas paredes ou quadros, carregam uma história. A tatuagem em si na maioria das vezes é usada para reprimir traumas, marcas de sofrimento, ou até mesmo um meio de punir o corpo por insatisfação com a figura da própria imagem.

    Responder
  130. A Psicanálise sempre nos surpreendendo com seus conceitos e explicações de casos. O caso exposto sobre a tatuagem elevando as picadas, é uma aánalise que deve ter dependido de muito estudo e diálogo com a paciente em questão. Isso me leva ainferir, quantas dores um indivíduo pode carregar e as várias formas que ele manifesta.

    Responder
  131. Fuga da realidade ou aceitação de castigo? Isso seria próximo ao que a paciente a presenta mesmo sem ter consciencia de que está em estado de fuga da aceitação e com a Tatuagem ela acaba ‘aceitando’ um castigo.
    Fugir ou deixar para depois um problema é um sinal que o individuo não se sente forte o suficiente para enfrentar ou lidar com a situação naquele momento. A questão é quando este comportamento se torna recorrente e o indivíduo deixa de analisar apropriadamente a situação e passa a deixar para lá ou para depois.

    Responder
  132. Acredito que ela encontrou na tatuagem uma forma de retomar o domínio do próprio corpo, tornando um símbolo da sua força e reforçando que mesmo tendo passado por tudo o que passou, pode escolher sentir dor similar para alcançar algo que ela mesmo desejou. Sendo até mesmo uma forma de mostrar a dor da tatuagem antagonizando com a dor da doença.

    Responder
  133. A tatuagem é uma forma de expressão simbólica do que a pessoa sente/sentiu. Algo que só o eu sabe o que significa. é uma expressão simbólica onde ela quer sempre lembrar. Também para uns uma forma de amuleto, onde se sente protegido pela representação.

    Responder
  134. A tatuagem coloca externamente uma imagem interior não identificada, porém sentida, Só quando a terapia por psicanálise chegar a uma conclusão, é que se poderá visualizar a causa e daí tomar as providências para o reestabelecimento do paciente. na farmácia, há vários remédios, mas não adianta comprar algum, se não se sabe para qual doença é destinado. Precisamos identificar a causa raiz e aí sim, medicar, tratar, sanar.

    Responder
  135. A tatuagem pode camuflar ou revelar situações contidas no inconsciente, visto que o processo é dolorido, caro e não sai tão fácil. o fato desta menina ter contado a sua história, exatamente na hora do procedimento já nos leva a crer que o que o coração revela naquela hora, tem á ver com a imágem que será colocada na sua pele. Um exemplo são os praticantes de lutas como boxe, segundo estudo recente, a maioria deles veio de familias muito pobres ou eram crianças de rua e morando na rua, você tem que aprender a se defender, de um jeito ou de outro. Vemos que quase a totalidade dos lutadores tem tatuagens com figuras, que eu acho, não tem nada á ver com o esporte, e nem precisa ter, o que eles querem mostrar com as imagens, muitas vezes inteligíveis, são situações reclusas nos porões invisíveis do ser.

    Responder
  136. A tatuagem pode representar a manipulação da própria pele numa tentativa de ter a experiência de um objeto seguro e que dê limites de uma forma muito concreta. Dessa maneira, a tatuagem desloca um afeto insuportável, uma separação ou uma doença rara, por exemplo, para uma lesão dolorosa no próprio corpo, tornando assim tais fatos suportáveis.
    É importante ressaltar que, o lado figurativo da imagem da tatuagem também é importante. Nesse sentido, a tatuagem é uma imagem que, além de um significado consciente, obviamente também tem um significado inconsciente e uma função metafórica na qual o ser humano demonstra ao mundo exterior sua própria imagem criada nessas condições.

    Responder
  137. A tatuagem representa o sentimento triste que passou porém esta atitude foi feita para ela se sentir mais forte, foi uma forma que ela encontrou de expressar seu sentimentos e um forma de superar a dor no íntimo

    Responder
  138. A tatuagem pode representar a dor que a pessoa sente ou algo que venceu. Mas podee também representar uma prisão em alguns acontecimentos que não quer deixar ir.

    Responder
  139. A psicanalise não estuda as causas, só faz hipoteses, então poderiamos inferir que, no caso em estudo, a tatuagem é uma expressão da regressão psiquica a uma pulsão relacionada com a busca do prazer e não com o principio de realidade, da moça que manifesta a sua dor se cortando, como expressão de frustração (pulsão anal expulsiva) e melancolia (pulsão oral sádica).
    A tatuagem também manifesta a sua identificação com a princesa que dorme. Possivelmente esta identificação da moça também manifeste a sua esperança num futuro melhor com a aparição do principe (ou remédio) que permita ela acordar e viver feliz.

    Responder
  140. A tatuagem existe há milênios, alguns datam de aproximadamente 4000 a.C, egípcios, polinésios, indígenas (inclusive no Brasil), povos nórdicos, já faziam uso de tatuagens. As razões e motivações foram de muitas origens, religiosas, culturais e representativas.
    Atualmente as motivações para alguém fazer uma tatuagem também são diversas podem ser para aceitação em algum grupo de amigos, homenagear alguém que gosta (familiares, ídolos) e etc.
    No caso especifico, creio que a Sidney usa uma representação alegórica ela adormecida para projetar sua própria imagem do “eu”, realmente como no Estádio do Espelho, e assim firmar esse eu na procura de uma sublimação de seu problema.
    O caso apresentado foi de uma profundidade admirável, quero ler este livro.

    Responder
  141. A tatuagem para Sidney era como se fosse um lenitivo.
    Ao colocar espinhos em volta da bela adormecida, ela busaca encontrar fortalecimento, despertamento e ânimo para seguir em frente e e continuar seu tratamento. Sidney sofria interormente, não só pela doença, mas tambem por não conhecer a causa dam mesma. Na tatuagemn ela expressa a sua dor ebusca uma saída.

    Responder
  142. Eu vejo que seu ID agiu forte fazendo o ego concorda , que a dor na carne amenizava a dor no interior da alma
    E teve efeito no superego o deixando sem forças para lutar contra essa atitude
    E isso acontece muito e com muito
    Achando antídoto ou analgésico para dor da alma , destruindo ou desenhando o corpo

    Responder
  143. A tatuagem tem diversos significados e um deles é a representação da própria imagem que conta uma história.

    Responder
  144. Mesmo a tatuagem representando o sofrimento há também a prepondêrânçia do Eu tentando suportar as malicias da vida o super ego é confrontado com o ego trazendo assim uma característica de um ego frustado onde o período natural é descartado pela escolha humanal de se machucar p corpo. E uma briga travada entre razão e sentimento de puro intimo de superação pois no seu intelecto se acha forte mas no seu Eu se acha em pensar que a tatuagem é a certeza de continuidade do que seu ego procura.

    Responder
  145. A prática de marcar o corpo através das tatuagens é algo muito antigo. Pode advir de expressões culturais de determinados povos, para se inserir em determinada “tribo” ou como no estudo de caso apresentado como perpetuação e lembrança de algo que vivenciamos, que possui importância, um significado.
    Na ausência da explicação para a origem de sua doença Sidney decide representar, personificá-la. Seria uma tentativa de “aceitação” da sua condição através da tatuagem da Bela Adormecida e seus espinhos. A intenção é se sentir mais forte até que “o príncipe encantado”, ou seja, a cura da enfermidade e todos os “por quês” que ela possui desapareçam. Que o seu final feliz como nos contos de fada finalmente chegue.
    O que aconteceu com Sidney no ano de 2010? Em 2009? Na infância? Rever a linha do tempo da vida de Sidney, no contexto terapêutico, pode identificar eventos significativos e traumas que contribuíram para o desenvolvimento da doença em questão.

    Responder
  146. A tatuagem é uma forma de subjetivação, ou seja, de expressão e construção da identidade do sujeito, que pode estar relacionada a diferentes aspectos da sua vida psíquica, como o desejo, o conflito, o luto, a culpa, a angústia, entre outros. A tatuagem também pode revelar aspectos inconscientes do sujeito, que nem sempre são conscientes para ele mesmo, e que têm um significado simbólico que remete à sua história pessoal. A tatuagem é uma forma de dar sentido ao corpo, de comunicar algo com o outro e com o mundo, e de marcar uma diferença ou uma pertença. A psicanálise pode ajudar o sujeito a compreender o sentido da sua tatuagem, a partir da escuta e da interpretação das suas associações livres.

    Responder
  147. Dependendo do tipo de tatuagem é uma forma de chamar atenção. Agora tatuagens simples são a vontade do ser humano expressar algum sentimento

    Responder
  148. A tatuagem é representada como uma forma de defesa, ou de pertencer algum grupo é uma maneira de expressar o interior agredindo o exterior, mutilando o corpo, também é uma forma de autopunição, uma opção para superar os problemas emocionais extravasando pelo exterior, bem caracterizado com o individuo analisado, pois tenta superar os problemas através da dor.

    Responder
  149. Algo que não foi diluído com leveza pelo inconsciente, vem a tona na forma de compulsão a repetição.
    Para que dessa vez o sujeito consiga apaziguar e entender dentro de si para que se sinta livre ou encontre um novo significado a experiência ruim experenciada. Dessa forma, ela repete o ato com furos de agulhas, mas que o fim das picadas (agora as de tatuagem) encontrem um fim feliz e de diferente significado.

    Responder
  150. Com a tatuagem o sujeito pode tanto expressar a dor, o sofrimento, a alegria, depende do momento em se encontre.

    Responder
  151. A tatuagem foi uma forma que ela encontrou para aliviar sua dor, na verdade causando mas dor a si mesma, digo, não só pelo procedimento, mas por retratar uma imagem de si mesma em seu corpo que sempre trará lembranças de sua dor,

    Responder
  152. Muito das tatuagens como do caso em tela revelam a necessidade de reafirmação do eu pré constituido e como as experiencias traumaticas ou não afetam a autoconceituação desse e pós estagio do espelho.

    Responder
  153. A tatuagem tem relação com a cultura e com a educação das pessoas. Algumas famílias mais conservadoras costumam demonizar a tatuagem, associando à malandragem e vagabundice e, em última instância, “coisa de bandido”. Ouvi muito na minha infância “quem tem tatuagem bom sujeito não e”. Mas hoje sei que isso não é verdade, que cada pessoa vem conquistando aos poucos a consciência de si mesmo e, por não ter, ou não saber de outra forma de expressar, usa desses marcadores semióticos representados pelos mais diferentes símbolos pictóricos.
    Toda tatuagem é uma narrativa do sujeito e somente através da análise é possível perquirir esse lado do nosso inconscente.

    Responder
  154. A mulher em questão usou a tatuagem para externar os sentimentos que tinha em relação à doença. Mesmo ainda sem saber a causa da doença a mesma desconsiderou o ego no sentido de controlar os impulsos e que a doença adquirida poderia deixar de somatizar, mas com a tatuagem permanente ela sempre iria rememorar suas lembranças de dor, perpetuando um ciclo que já teria se encerrado. Há muitos casos em que as pessoas se tatuam mesmo sem ser por motivo de dor, mas aquelas decisões tomadas sem reflexão, ainda que realizadas de forma consciente (prematuramente) trazem em muitos casos problemas futuros.
    Há alguns meses vi o caso de uma jovem que tatuou os olhos e logo ao término do procedimento, ao se olhar no espelho, se arrependeu, tornando a ação irreversível.

    Responder
  155. podemos observar que a tatuagem não e somente um desenho. Ela esta carregada de significados para aquele que a faz, sendo as vezes essa representação um significado mais simbólico vindo de dentro do ser, carregado de pulsões

    Responder
  156. Cada pessoa faz a primeira tatuagem usando um argumento pessoal para tatuar seu corpo , mas isso e apenas o comeco e e raro a pessoa que so tem uma tatuagem porque se torna um vicio (doença)

    Responder
  157. A tatuagem pode ser uma forma de expressar externamente como o sujeito se sente internamente, assim também como desenhos e pinturas.

    Responder
  158. A tatuagem propõe preencher um espaço, uma lacuna que i terrompeu um ideal. É uma marca que determina uma reação à essa ruptura e euma tentativa de superação do trauma diagnóstico.

    Responder
  159. Na minha opinião a tatuahem dela serviu para externar não só a tristeza pela sua doença, mas também de obter prazer e se sentir orgulhosa de sua luta pessoal sempre que observasse a tatuagem

    Responder
  160. Muito interessante este estudo de Freud, com ele podemos atender nossos pacientes com mais eficácia podendo perceber as suas dores, glórias, frustrações e vitórias, também através das suas tatuagens.

    Responder
  161. O desejo Sidney em fazer tatuagem, marca sua doença sem cura e depois fazer agulhas na tatuagem para representar seu sofrimento com sua doença. Mostra como funciona a pulsão, e excitação proveniente do corpo que chega ao psiquismo.

    Responder
  162. Na minha visão a tatuagem é o reflexo do “EU” muito usada e difundida no antigo Egito para mostrar posição social, na Índia não é diferente mostrando a pluralidade da cultura, no Brasil no meio das facções mostrando posição de poder, e modalidades dentro do mundo que ele vive, na sociedade de uma forma geral, ora a representatividade de um ente querido, uma paixão, um desejo, perdas e assim por diante, são pessoas que querem transmitir uma mensagem que está lá no subconsciente e usa a tatuagem como meio de mostrar aos outros uma forma de defesa, de pertencimento a um grupo, de reforçar o que pensam sobre algum assunto ou pessoa. O fato é que elas querem chamar atenção para si. Outras pessoas se tatuam nos momentos de muita angústia e sofrimento pessoal”. Ainda na abordagem psicológica a tatuagem é um refúgio inconsciente.

    Responder
  163. Eu sempre tive dificuldade pra compreender o motivo ou motivos, que levam alguém a pagar pra fazer uma ou mais tatuagens. Mas agora que estou estudando psicanálise, já consigo pelo menos ter uma noção, das possíveis razões, que levam muitas pessoas a ficarem até por horas sentindo a agulha dos tatuadores na pele. No caso em questão, ficou evidente que a principal razão, foi o sofrimento dela com a doença e as inúmeras agulhadas que levava para coletar sangue para exames.

    Responder
  164. A tatuagem é uma forma de se mostrar que é superior o que aconteceu ou se sentir superior as demais pessoas, trazendo um força( ou falsa força interior) de que a marca no corpo tras uma auto estima para pessoa.

    Responder
  165. Muito importante este tema. Ao que Marcelo e Paravidini consideraram, e o fizeram bem, “cada sujeito encara a questão da tatuagem de forma singular”. A tatuagem tem sim algum símbolo, valor consciente. Mas, também é importante salientar a afirmativa de que, apesar de ser evidente, a tatuagem carrega em si o significado, a representação do que está reprimido, por um desejo, afeto, no inconsciente – recalque. Ou seja, manifesta, ainda, o que está no inconsciente, reprimido nele.

    Responder
  166. Pode ser uma forma de defesa, de pertencimento a um grupo. foto é que eles querem chamar a atenção para si. Outras pessoas se tatuam nos momentos de muita angústia e sofrimento pessoal. Ainda na abordagem psicológica a tatuagem é um refúgio inconsciente. Refere-se a uma pulsão primária dos seres humanos, que é a evitação da dor e a obtenção do prazer (principio do prazer). A prática da automutilação inclui o ato de infligir dor o que é inconcebível para muitas pessoas.

    Responder
  167. Foto é que eles querem chamar a atenção para si. Outras pessoas se tatuam nos momentos de muita angústia e sofrimento pessoal. Ainda na abordagem psicológica a tatuagem é um refúgio inconsciente. Refere-se a uma pulsão primária dos seres humanos, que é a evitação da dor e a obtenção do prazer (principio do prazer). A prática da automutilação inclui o ato de infligir dor o que é inconcebível para muitas pessoas.

    Responder
  168. Talvez a tatuagem seja um jeito de externar todo sofrimento emitido ao decobrir sobre a doenca. Significando o trajeto de uma luta e coragem de seguir em frente.

    Responder
  169. Por não poder ter uma vida normal ela usa se u corpo um forma de expressar o que sente para assim poder ter uma vida normal.

    Responder
  170. A escolha de marcar o corpo com tatuagens pode ser vista como uma forma de lidar com o recalque, trazendo à tona simbolicamente aspectos do passado que foram reprimidos. A tatuagem, nesse contexto, pode servir como uma expressão visual e corporal das emoções ou experiências que foram anteriormente reprimidas.

    Responder
  171. Muitas pessoas fazem tatuagens que carregam significados muito profundos, e o psicanalista ao observas as tatuagens ja consegue saber muito sobre o pacinte.

    Responder
  172. No caso de Sidney a tatuagem para ela representava a sua doença e com ela todo seu sofrimento, e por causa do cansaço escolheu ser tatuada a bela adormecida sobre seu corpo representando sua imagem cansada e os espinhos todas as vezes que foi furada por agulha isso leva crer que com isso leva conforto ao seu eu aliviando sua dor física

    Responder
  173. estudo do caso;
    A tatuagem representa aquilo que faz parte da vida da pessoa, seja uma dor, uma vitória, uma pessoa amada. No caso dela representa sua dor , marcada pela descoberta da doença e tudo aquilo que ocasionou em sua vida. Perdas e frustrações e a personificação do eu.

    Responder
  174. Na tatuagem a pessoa diz, através da imagem criada, o que pensa e sente sem precisar se expressar verbalmente. uma forma de tentar se livrar do sofrimento ou a dor de um algo que aconteceu na sua vida.

    Responder
  175. A tatuagem é uma forma de externar, uma perda ou algo que marcou a vida do indivíduo,assuntos mal resolvidos etc… ela é um tipo de compensação para o indivíduo.

    Responder
  176. A tatuagem é como um grito de dor em busca de superar as mazelas sofridas no decorrer da vida .Porem em alguns casos uma reafirmacao da dor e da ruina que essa dor causou

    Responder
  177. A Tatuagem representa no eu do indivíduo a forma de expressão, do sentimento ou da dor sofrida. É a mensagem que ele quer passar ao mundo daquilo que o afeta de alguma forma, negativa ou positivamente. O indivíduo visa ser reconhecido, e a Tatuagem traz ao mesmo a sensação de que o olhar externo sobre a mensagem em pele vai dar aos demais o entendimento sobre o seu modo de existir, seu jeito de ser e sobre a maneira que se comporta em relação ao mundo.

    Responder
  178. Os conflitos vividos por Sidney, quando não solucionados na infância ou adolescência vão persistir até a fase adulta. O ego por sua vez busca estratégias na defesa inscosciente para reduzir a ansiedade, alterando a percepção da realidade encobrindo a razão desse conflito e para sua defesa usa os mecanismos de defesa.

    Responder
  179. No caso da Sidney a tatuagem é só um curativo para a dor que está além da superfície. O corpo é o quadro, a tinta é a tentativa de contar uma história. A questão é: será que isso realmente resolve o problema ou é só uma nova camada de complicação?”
    Lembrando que cada caso é um caso, ou seja, motivações individuais.

    Responder
  180. A tatuagem foi um meio de expressar suas dores, frustrações ,e a vitória .
    diante ao que é abordado no contexto estudado com Freud as emoções sempre estão presente em todos os contexto.

    Responder
  181. Muitas vezes a tatuagem é representada para a pessoa se diferenciar dos demais. No caso Sidney ela esboçou aquele momento por meio dos espinhos, os obstáculos encontrado no caminho, suas dores.

    Responder
  182. Seria a tatuagem uma forma dela expressar seus sentimentos pela doença, para figurar o sofrimento vivido, assim transferindo para um desenho as fases da doença, para que todos vejam de alguma forma seu sofrimento. O ato de se tatuar é vista por algumas pessoas como mutilação, pois se tatua por micro cortes, e em alguns indivíduos essa dor causa dependência, pois sentem gozo em fazer tal ato, eu creio que quando se torna um habito é preciso analisar qual a causa inconsciente que leva o individuo a isso. Por outro lado o individuo que por devoção a algo ou alguém se tatua, ou por fazer parte de algo ou de algum lugar, ou por muitos outros motivos, conclua-se que em todos os casos existe uma transferência do inconsciente seja ela boa ou ruim.

    Responder
  183. A tatuagem é uma representação daquilo que a jovem sentiu ao sofrer no processo da doença, ela se identificou com a Bela adormecida, e isso de alguma forma ajudou a superar os desafios que a doença fornece.

    Responder
  184. A tatuagem em si expõe o “eu” interior que está recalcado das feridas e marcas de uma vida cheia de traumas e de decepções. Sidney colocou em seu corpo a exposição de seus problemas mal resolvidos e facilitou a visão para que toda vez que ela olhar encontrar -se com ela mesma na sua verdadeira identidade escondida.

    Responder
  185. A tatuagem como todo símbolo é uma representação psíquica, no registro Imaginário, ela pode ser uma tentativa de lidar com angústias que não se consegue, dependendo do símbolo escolhido é uma representação inconsciente dessa ou conflito.

    Responder
  186. cada caso é um caso, há pessoas que tem seus conflitos internos e buscam de alguma forma travar as dores usando algum subterfúgio, ou usam essas táticas como forma de pedir socorro, são os seus gritos na alma, A jovem Sidney da história, teve sua saúde abalada, por muito tempo sentiu-se violentada com o tratamento, e por isso procurou nas tatuagens uma forma de amenizar essas dores, com certeza as dores não diminuíram, o tratamento não teve fim, contudo para ela houve um sentimento de satisfação, uma viagem no inconsciente de que naquele momento da tatuagem não era o tratamento que estava acostumada a passar.

    Responder
  187. tenho varias tatuagens ,foram feitas no presidio.suas formas ,cores,ttudo refletem meu inconsciente naquele contexto

    Responder
  188. A ANÁLISE DA TATUAGEM PELA ÓTICA DA PSICANÁLISE PODE OFERECER INSIGHTS VALIOSOS SOBRE OS PROCESSOS MENTAIS INCONSCIENTES ,OS DESEJOS PESSOAIS E AS NECESSIDADES EMOCIONAIS QUE MOTIVAM A ESCOLHA E O SIGNIFICADO DAS TATUAGENS.

    Responder
  189. As tatuagens, podem ser vistas, no contexto psicanalítico, como uma forma de compreensão do inconsciente. E varia de acordo com os valores culturais de cada um.
    A tatuagem é, antes de tudo, a expressão gráfica de uma produção psíquica inconsciente do sujeito.
    A imagem impressa na pele adquire valor metonímico do mundo intrapsíquico.

    Responder
  190. Através da tatuagem ela expressou externamente como se sente internamente.
    Como os espinhos lhe causam dor, ( agulhas) mas acredito também, que ela tem alguma esperança.. de um dia acordar..( como a bela adormecida que ela escolheu para tatuar !

    Responder
  191. Com base na minha compreensão do texto, a tatuagem da Bela Adormecida ganhou uma nova significância ao representar a passagem traumática vivida pelo personagem. Nos dias atuais, tatuagens também podem ser uma forma de identificação pessoal ou de resignificação do corpo e da identidade.

    Responder
  192. Está sendo muito bom este curso, nunca tinha pensado em fazer, agora sei que está abrindo meu entendimento área do aconselhamento.

    Responder
  193. Nossa… O significado de se fazer uma tatuagem não se resume a um estudo desse tipo.
    Fazer uma tatuagem pode significar um rito de passagem (como no caso dos Maoris)
    A tatuagem é uma forma de comunicação não verbal com o mundo externo que pode reforçar uma ou mais características do indivíduo.
    Talvez a visão de Marcelo e Paravidini não se resuma a isso, pois pode ser o recorte de um estudo mais bem elaborado. Se não for o caso, sinto muito pela limitação dos autores.

    Responder
  194. Seria a tatuagem a “marca” de traumas? Fica a reflexão. Gostei do tema, deveria ter mais artigos para aprofundamento, fica a sugestão.

    Responder
  195. No caso exposto, a tatuagem representou o eu modificado. Sua constituição como imagem até então de princesa (estádio de espelho),foi alterada pela dor e assim externalizada e representada como espinhos.

    Responder
  196. Acredito que a tatuagem serve pra exteriorizar uma dor interna, mas, também, uma representação gráfica, na pele que a lembra dessa dor passada pra lhe dar força pra continuar, uma vez que essa dor já foi sentida e ela está ali viva e forte, ressignificando as limitações que a doença lhe trás.

    Responder
  197. O fato é que as tatuagens revelam encontrar os significados psicológicos em relação às partes do corpo em que se tatuam e em relação à simbologia, cheia de significados.

    Responder
  198. A tatuagem expressa seus sentimentos e também e também mostra a superação dos obstáculos.

    Responder
  199. Ela contextuliza bastante sobre a propria tatuagem, é um registro que algo que ela deve relatar com frequência. Vejo muitas vezes uma questão prática na tatuagem, como; registrar coisas que vc não queira esquecer, como marcos, morte de pessoas amadas ( culpa ou gratidão) , começo e fim de relacionamentos ( acertos ou erros), nascimento do filho ( uma nova fase onde o passado deve ficar para tráz, mas que deve ficar representado em uma imagem para sempre, para que não se esqueça.

    Ainda não compreendo como a tatuagem pode representar a representação de uma dor emocional nos casos onde ela está ligada a cultura e que pode ser de certo moto imposta ao tatuado.

    Responder
  200. Muitas pessoas usam a tatuagem para expressar o que não conseguem oralmente e colocar à mostra o seu interior: “eu sou assim”
    Podem tanto expressar hostilidade, prazer ou empatia em relação ao mundo que as cerca.
    E também depende muito de quem olha para a pessoa tatuada fazendo um conceito ou pre-conceito a seu respeito.
    Devemos aceitar? Devemos repreender?

    Responder
  201. Pode ser que a tatuagem foi o meio (mecanismo de defesa, sublimação) que ela teve pra tornar sua história visivel, para poder assumi-la ou torná-la mais suportável..

    Responder
  202. Entendo que os símbolos são uma forma de fazer parte de um grupo, de se sentir pertencente a algo que tenha um significado importante na sua vida ou mesmo como um marco de desligamento de um trauma por exemplo ,mas que de certa forma nesse caso fica uma coisa meio velada subjetiva que traz uma sublimação um alivio talvez.

    Responder
  203. Em relação a este caso me vem sempre à mente sobre os sofrimentos enfrentados na vida que recordar é viver,ao mesmo passo que Sidney recorda que foi forte resistindo àquela dor também precisará lembrar de toda a dor ao ver àqueles espinhos e voltando ao ciclo de dor se tornando vicioso.

    Responder
  204. Bom dia! Se ela sofre de uma doença grave e tem que ser espetada com agulhas para identificação e tratamento da enfermidade. Ao tatuar o corpo traz um sentimento de enfrentamento para doença e agora traz um conforto emocional que a torna forte ou até mesmo depressiva com a situação.

    Responder
  205. Ela esta repetindo as dores armazenadas em seus psiquismo atraves da tatuagem em seus corpo fisico,isto e, esta em compulsao a rpeticao.

    Responder
  206. A tatuagem é uma forma do sujeito manifestar o seu eu através de um desejo, uma dor ou um sentimento de apoderamento do corpo que ele deseja perpetuar na formação e manutenção do eu.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

208 comentários sobre “Formação em Psicanálise Clínica

          1. O curso é muito bom! O material de apoio é ótimo. Me surpreendeu bastante. Estão de Parabéns ?!

          2. Estou gostando muito do curso, tenho dois cursos básicos e uma especialização em psicanalise.

          3. Bom dia,estou começando hj no curso de psicanálise, estou um pouco perdida na plataforma.

          4. A proposta do curso está acima das minhas perspectivas. Excelente o material disposto aos alunos.

          5. O curso foi maravilhoso, parabéns um curso gratuito e instrutivo, já paguei meu certificado, já vou atuar na parte de psicanálise clínica holística, vou cadastrar meu certificado , agradeço muito a IEVI.

      1. Estou gostando muito do curso. O material disponibilizado é de excelente qualidade e atualizado de forma visível. Parabéns a IEVI.

      2. Eu amei esse curso rápido e muito produtivo, tenho certeza que vai agregar muito para meu trabalho como psicanalista.

      1. O IEVI emite declaração ou histórico da conclusão da programação com aproveitamento e a carga horária da formação?

          1. Tenho licenciatura em psicologia, se fizer o curso de psicanálise com que graduação eu saio?

          2. Estou comendo, e ainda não conheço o curso, logo não posso emitir opiniões, espero poder obter muitos subsídios e dividir com os pares.

      2. Sempre tive muita vontade de fazer um bom curso de psicanálise, talvez esse seja um bom momento.

    1. Olá
      Gostaria de saber o valor do certificado e da credencial, por gentileza.
      Grata

      Maria Emília Barros

      1. A psicanálise é uma profissão livre, reconhecida pelo Ministério do Trabalho e Emprego (CBO – código 2515.50).

    2. Olá Boa Noite, gostaria de saber o valor do certificado da formação em Psicanálise clínica.

      Grata

    3. Curso muito bom adorei, bora continuar o aprendizado ! Gratidão
      Finalizado

    4. Confesso que havia feito outro curso de psicanálise, contudo, senti ao término, uma sensação de pouquissímo conhecimento, até ao revisitar o material proposto para o estudo. Com o estudo realizado no IEVI, sinto-me desafiado a continuar estudando, contudo, com uma ótima visão, pelo material apresentado, que constitui-se muito rico, pela condução e distribuição de material e enfim, disposto a poder auxiliar aqueles que necessitam. Tenho muito a agradecer a este Curso de formação em Psicanálise e recomendar a que outros possam fazê-lo. Parabéns a todos e especialmente ao(s)mentor(es) que me acompanhou até esta conclusão!

  1. Com essa formação vou poder atender como profissional em Psicanálise clínica?

    1. É aconselhável concluir o curso de Formação em Psicanálise Clínica com no mínimo 70% de aproveitamento e Realizar o Curso de Psicanálise Integrativa.

      1. Isso quer dizer sim? Sim, pode atuar como pessoa habilitada, psicanalista clínica, fazendo esses dois cursos com o aproveitamento mínimo ou maior que 70%?

        1. Bom dia!
          Caso o aluno não possua experiência em atendimento, nós sugerimos o mesmo a realizar os módulos práticos de análise didática e supervisão.

        2. Mas e o tripé psicanalítico de análise pessoal e supervisão psicanalitica? Como vou completar esse tripé exigido para atuar como psicanalista? Vocês poderiam escrever aqui no site como cumprir esses requisitos? Se particular ou se vcs irão oferecer?

          1. Bom dia!
            Os alunos serão avisados por e-mail quando os módulos de analise e supervisão estiverem disponíveis na plataforma.

        1. Gostaria de saber se a parte prática já foi incluída.
          Tenho interesse em fazer, mas me preocupo de ser cobrada por não ter parte prática do tripé.

  2. Bom dia
    Para as pessoas com graduação na área da Educação.
    Com esse certificado poderão montar uma clínica de Psicanálise.

  3. Bom dia,acabei me inscrever no curso de Psicanálise Clinica,já fiz o curso de Bacharel Livre em Teologia com vcs, tenho formação como Psicanalista Forense, Psicopatologia entre outras áreas , só me faltava o curso de Psicanálise Clinica,posso fazer o curso na Área Clínica ,grato.

  4. Boa tarde, estou gostando muito de ser uma aluna no curso de Formação em Psicanálise Clínica.

        1. Boa tarde,ao término do curso de psicanálise clínica posso fazer atendimento sim ou não.

      1. Em relação ao processo de análise e supervisão, para compor o tripé. O curso proporciona essa possibilidade?
        Gratidão pela oportunidade

          1. Gente preciso de mais informações pois não há comentários em lugar nenhum sobre a plataforma.

  5. boa noite. com o diploma de psicanálise clinico posso exercer a profissão no piauí?

    1. Bom dia!
      Pode sim. Para ser um psicanalista, não é necessário ter formação em psicologia ou medicina. O importante é que o psicanalista tenha uma formação sólida e constante, o que implica em muito estudo e aprofundamento da teoria e prática psicanalítica.

      1. É só se inscrever no site , entra no site, escolhe o curso, terá um ícone de inscrição, faça a inscrição colocando seus dados, vai precisar de uma senha, anota p não esquecer ou deixa salvo aí bom curso.

  6. já enviei meus dados e foto para credencial vcs precisam algum documento tbm para diploma psicanalista,fico aguardo da documentação.

  7. Bom dia,recebi toda documentação,muito obrigado,vou aguardar o curso de Psicanálise integrativa,um ótimo sábado para todos vcs.

  8. Boa tarde!!
    Venho através deste agradecer a oportunidade que vcs vem nos dando oportunidade para nós sejamos profissionais no ramo da psicanálise clínica,em breve estarei pedindo o certificado e a credencial.

  9. Preciso de outro curso para fazer psicanálise com vocês, para legalmente atender pessoas?

    1. Bom dia!
      Sim. É necessário realizar o curso de Psicanálise Integrativa (estará disponível na plataforma para os concluintes em breve).

  10. A escola fornece a análise e o estágio; contemplando o tripé psicanalítico e caso; alguém já possua a formação e queira; apenas a certificação palpável.. como se daria este caminho?
    Muito obrigado…
    Deus os abençoe!

    1. Todos os cursos dispostos por ser on line já estão disponíveis lembrando que para fazer psicanálise interativa precisar ter concluído a psicanálise clínica e o processo de matrícula é o mesmo, espero ter ajudado.

      1. Gostaria de saber por que eu tou matriculada no curso de psicanálise clínica eu completei o questionário ele diz que falhou na nota. Atenciosamente Marilândia Veloso Lima boa tarde!!

  11. Bom dia, A credencial, para quem fizer psicanalise clinica e integrativa é uma única credencial?

  12. boa noite minha neta pegou e fez a prova ,pois tive sai as presa e ficou quieta fui abri e reprovou
    acabou o tempo e o que faco agora

  13. Me interessei pelo curso, como e onde efetuar o pagamento?
    Poderei atender depois que concluir o curso?

    1. Bom dia!
      Após realizar os cursos de formação em psicanálise clínica, psicanálise integrativa e passar pelos módulos de analise didática e supervisão, sim.

    1. Entre o ego d o id é que o ego acata l princípio da realidade diferenciando do que é da mente e o que é do mundo externo.

    1. Se eu atingir o limite da quantidade de tentativas e não aprovar em dos questionários, devo continuar? Ou não terei condições de concluir o curso?

  14. Estou feliz em ter concluído o Curso de Psicanálise Clínica Pelo Instituto IEVI Agradeço a todos que fazem o referido Instituto. Por terem repassado todos os conteúdos gratuitos. Outrossim parabenizo a todos que fazem o IEVI pela alta
    responsabilidade com os alunos.
    ATT: José Augusto dos Santos

  15. GOSTEI MUITO DO CURSO E JÁ TERMINEI AGORA QUERO SABER COMO FAÇO PARA PAGAR ESTE CURSO, SE POSSO PAGAR PARCELADO NO BOLETO OU NÃO.

  16. Bom dia.
    Sou bacharel em Direito e me matriculei nos cursos de Psicanálise Clinica e Integrativa.
    Gostaria de receber um norte preciso em relação a como atuar como Psicanalista.
    Obrigado pela atenção.

    1. Bom dia!

      É necessário realizar os módulos práticos de analise didática e supervisão (estágio), para os alunos que não possuem experiência.

      Att,
      IEVI

  17. Eu lido com pessoas na minha ,e são tantos problemas é uma infinidade de diversidade e eu tento solucionar com o dom que Deus me deu ,mais achei que deveria ir além então pedi a Deus direção ,é eu creio que pode ser aqui ,então estou aqui buscando capacidades

  18. Qual é o prazo mínino para conclusão dos tres cursos que compõem o tripé para atuar como Psicanalista Clinico? E se o aluno concluir antes do tempo previsto na carga horária o que acontece no caso da solicitação do pedido do diploma e da credencial?

  19. Tenho interesse em fazer o curso de psicanálise clínica. Essa oportunidade é maravilhosa. Enfim vou fazer o curso.

    1. Não há Conselho de Psicanálise no Brasil. Você como Psicanalista, não tem obrigação de se filiar a qualquer órgão público. O Psicanalista não é subordinado a qualquer órgão de fiscalização profissional.
      Conselhos são criados por leis federais. Se não houver lei criando-os eles não podem existir, pelo menos não terão poder fiscalizador.

      1. Bom dia! Estou muito feliz por ter essa oportunidade, sempre sonhei em ser uma terapeuta. Muito obrigada!!

      1. Boa tarde
        Meu curso de formação é Bacharel em Serviço Social, especialização em Serviço Social e políticas públicas; gostaria de saber se no término desse curso de psicanálise Clínica eu já posso montar minha clínica?

  20. Estou em andamento com o curso, desde já tenho obtido um conhecimento excelente, cada dia mais me interesso pela temática. Recomendo! Curso para vida! Parabéns aos envolvidos.

  21. Deixo aqui meus agradecimentos atodar equip de professores colabradores pesquisadores em fim toda logistica, para poder presta um exelemte trabalho atodos que queram desevolver suas atividades como um profisional na area da psicanalise O Brasil esta precisando de eselentes profisionas nesta area da saude;pastor jose de sousa

  22. Trabalho com crianças, em oficina de artes. O objetivo das minhas oficinas é o desenvolvimento da crianças em vários aspectos. Procuro fazer um trabalho de excelência, buscando sempre conhecimentos e experiências que possam me auxiliar nessa área. Trabalho com jovens e crianças a 20 anos. Gostaria muito de entender a expressão das crianças através da arte, isso significa muito pra mim, pois me ajudará a atendê-lo da melhor forma. Sou formada em Artes Plásticas e pós graduada em Arte Educação. Agora gostaria de saber se posso atuar também como Psicanalista em meu trabalho (particular) e de que forma posso usar esse conhecimento.

  23. Excelente curso oferecido pela IEVI. Concluir o curso formação em Psicanálise, e já obtive o certificado. Sigo fazendo outros. Estou satisfeito!!!

  24. Curso campeão em excelência vale a pena cada parágrafo para quem realmente quer aprender e enriquecer seus conhecimentos.

    1. ola boa noite, eu conclui o meu hoje. voce recebeu seu certificado e credenciais.

  25. Estou concluindo Bacharel livre em teologia é possível que eu faça o de psicanálise!

  26. Muito feliz em ter escolhido o IEVI para fazer o Curso de Formação em Psicanálise Clínica! Conclui essa primeira etapa, hoje, 17 de maio de 2023! Um universo de conhecimentos teóricos e tudo muito bem elaborados para o aluno aprender sem dificuldades! Este curso está sendo um divisor de águas em meu caminhar, para o meu auto conhecimento e para meus propósitos futuros! Pretendo me inscrever no Curso de Formação em Psicanálise Integrativa, enfim, também a de análise e supervisão para atuar com precisão! Deus me ajude em todas as etapas, pois este é o ambiente (virtual EAD) certo! Gratidão ao site e todos os envolvidos nessa missão!

  27. No contexto da psicologia, o ego além de fazer parte da personalidade humana, está mais relacionado ao caráter ou seja, a forma como a pessoa se comporta ou pensa.

  28. quero parabenizar toda equipe pelo farto material que envolveu esse curso, abrindo o entendimento, sobre o psique e as varias faces de cada individuo, parabéns

  29. Sou brasileira mas moro na Argentina então não pago impostos no Brasil. Só tenho numero de registro que me derão no cartório e número de passaporte. Com estes números posso obter a credencial de psicanalise clínica ou não são os requeridos?

  30. Show, vou aproveitar a oportunidade e me matricular para aprender mais sobre o ser humano.

  31. Anteriormente eu tinha receio de estudar psicanalise ou qualquer curso que fosse voltado para mente humana, pois via como algo muito complexo. Mas agora, percebo que minha mente simplesmente estava bloqueando algo que hoje vejo como uma matéria bem interessante e prazerosa.

  32. Sonhar e realizar o meu sonho de ser psicanalista clinica, é muito bom. Glorias a Jesus!

  33. A 5 anos estudo psicanálise e agora terminei este curso e pretendo atuar .
    Este curso me ajudou bastante , pois já trabalho na área social com publico evangélico como Pastor e agora terei oportunidade de agregar um ao outro quando necessário.
    Grato a Deus e ao instituto.

  34. Eu estou fzendo este curso. Sou Terapeuta Holístico e a Psicanálise é uma áarea a qual sempre quiz atuar

    1. Pelo visto Freud nos apresenta, como na alegoria da caverna de Platão, que nosso eu verdadeiro e o mundo real é o inconsciente… Já aquela ideia da vida na qual nos manifestamos é apenas uma fração do todo… E o conflito entre estas crenças causam os problemas psíquicos na humanidade.

  35. Achei interessante e resolvi me inscrever fiz Curso de Terapeuta e quero agregar.

  36. Estou gostando muito do curso de formação em psicanálise. Porém, estou tendo que ler no próprio site. Queria baixar (download) pelo menos os e-book, para imprimir e reler várias vezes. Aprendo mais no papel, do que na tela do celular (ou computador). Tem alguma botão, para o download?

  37. Esse curso tem apenas a parte teoria e a avaliação. Mas e a parte de clínica supervisionada? Como fica pra prática?

  38. Pelo visto Freud nos apresenta, como na alegoria da caverna de Platão, que nosso eu verdadeiro e o mundo real é o inconsciente… Já aquela ideia da vida na qual nos manifestamos é apenas uma fração do todo… E o conflito entre estas crenças causam os problemas psíquicos na humanidade.

  39. Estou amando o curso, tem qualidade, e a plataforma é excelente.Os estudos são rigirosos e transnitem nuito conhecimento. Recomendo esta conceituada Instituição.Farei outros cursos.Tenho 65 anos, sou formada em Letras Português/ Inglês e respectivas Literaturas.Tenho pós-graduação em Gestão e Supervisão(360h), Teoria Literária(360h)(Tutoria no Ensino EAD(360h), Psicopedagogia Institucional, Clínica e Hospitalar (660h) e estou cursando a formação em Psicanálise Clínica

  40. Já conclui o curso psicanalise clinica breve requisitarei o certificado e credencial!

  41. Hoje concluí este curso de “Formação em psicanálise clínica”,que me agregou muito conhecimento, pois possui um
    ótimo conteúdo, metodologia. Agradeço, primeiramente, a Deus por me permitir a isso e ao IEVI por proporcionar conteúdo tão rico e organizado numa plataforma muito bacana. Já solicitei meu certificado.
    Gratidão!!!

  42. Já participei de vários cursos, com certeza esse está entre os melhores, ainda estou no inicio, mas já estou impactado com o conteúdo, estou na primeira etapa A origem da psicanálise.

  43. Comecei o curso a dois dias. Realmente está né surpreendendo muito.
    Sou Antropologo.
    Tenho especializações em: Neurociência. Neurolinguística. Neuropsicologia e Psicologia Organizacional. O curso de vocês é excelente. Parabéns.

  44. A psicanálise nos mostra como resistir os traumas vivenciados, por meio de um sentimento bom, ela nos cura.

  45. Quero deixar aqui o meu agradecimento ao Instituto Videira pelo curso que realizei. O formato do curso, o poder fazer e pagar apenas o certificado e a credencial… foram fundamentais para que eu conseguisse conclui-lo e, com isso, realizar um sonho.
    Muito obrigada!

  46. Recomendo este curso. O programa está muito bem pensado e organizado. A plataforma é bem amigável e, sobre tudo, a orientação pelo zap é rápida e muito cordial. Estou feliz com meu certificado. Nào tive problemas para solicitar nem para pagar pois o soporte estava sempre disponível. Apenas conclui o pagamento me mandaram o certificado. Obrigada!

  47. A psicanálise é uma abordagem intensa, que com o decorrer do tempo o paciente consegue transferir suas emoções ao terapeuta. Esse curso está me proporcionando fazer uma autoavaliação da minha vida.

  48. Olá, gostaria de fazer o curso, poderei atuar como psicanalista clínica? Gostaria de saber como faço o estágio supervisionado, se vocês nos colocam para fazer? Como é? Quero abrir meu consultório. Ninguém tá respondendo o WhatsApp.

  49. Excelente curso. Ótimo material. Bem objetivo e bastante rico em conteúdo. Parabéns à IEVI

  50. Curso muito bom, com informações uteis e direcionadas para a formação em psicanálise clinica, além da forma didática ágil preconizado pela moderna pedagogia.
    Parabéns a equipe

    1. Boa tarde, meu nome é Laura, sou de Canoas/RS, estou começando o curso hoje, espero conseguir alcançar meus objetivos ao me matricular no curso, ou seja conhecer o pensamento freudiano.
      E sua aplicação no tratamento dos pacientes. Portanto, vamos começar..

  51. “Que a luz que nos guia , seja mais forte que a luz que nos cerca “

  52. FIZ O CURSO E SALVEI TODO MATERIAL É MUITO IMPORTANTE PARA LEITURA E TIRAR DUVIDAS, O CURSO É BEM COMPLETO PARA QUEM REALMENTE QUER FAZER PSICANÁLISE O MATERIAL E MUITO BOM.

Os comentários estão fechados.